A semana é de volta às aulas na microrregião. Nessa segunda-feira (31), os estudantes das escolas estaduais foram os primeiros a retornarem à rotina de estudos. Na rede municipal, onde cerca de 80% dos 19,5 mil alunos aproveitaram o recesso para a reposição de dias letivos, o segundo semestre começa oficialmente na quarta-feira (2). A Secretaria de Educação ainda está levantando da frequência dos alunos nas últimas duas semanas, mas garante que a aceitação da comunidade foi positiva. O próximo sábado de reposição das aulas perdidas durante a greve será no dia 19. Na rede estadual, segundo a gerente de Educação da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Jaraguá do Sul, Cristiana Poltronieri, o retorno na segunda-feira foi tranquilo. Cerca de 55 estagiários de ensino médio começaram a trabalhar em 29 escolas da microrregião neste mês para auxiliar nas secretarias as unidades e laboratórios de informática. O contrato tem duração de um ano e pode ser renovado por mais 12 meses. Outra novidade, conforme Cristiana, são os kits de bombeiro encaminhados pelo governo para todas as instituições de ensino, que visam adequar as estruturas à legislação e aumentar a segurança dentro das escolas. Neste ano ainda acontecerá uma segunda eleição de diretores nas escolas Heleodoro Borges, Miguel Conto, São José e Almirante Tamandaré. Os candidatos têm até o dia 24 de agosto para apresentar seu plano de gestão. Segundo a gerente, o novo pleito ocorrerá porque os cargos ficaram vagos nesses locais. A votação está marcada para novembro. Também foi anunciado pelo Estado a abertura de um concurso público para contratação de mil novos profissionais, sendo 600 vagas para professores efetivos e 400 para cargos administrativos, como assistentes educacionais, administradores e supervisores escolares. Cristiana garante que haverá vagas disponíveis para a regional, porém, a confirmação de cargos e demanda será divulgada em outubro. De acordo com a gerente, o governo manterá o processo de rematrículas na rede estadual pela internet. Há estudos para o projeto ser implantado no período de matrículas novas. “É uma forma de diminuir as filas nessa época”, observa. Leia também: Alunos da rede municipal de Jaraguá têm aulas de reposição nas férias