O Mercado Público de Florianópolis não será interditado. A afirmação é do promotor de justiça Daniel Paladino, responsável pela vistoria realizada nesta terça-feira (19) pelo MPSC (Ministério Público de Santa Catarina) após mais um princípio de incêndio registrado na semana passada em um dos boxes.

Em setembro, Paladino chegou a recomendar a interdição se intervenções não fossem feitas para garantir a segurança no local. Após nova fiscalização desta semana, o promotor identificou que melhorias na estrutura foram realizadas e descartou o fechamento.

A prefeitura se comprometeu a concluir reformas no Mercado Público de Florianópolis em até 90 dias. No dia 19 de novembro, o MPSC deve fazer uma nova vistoria no local para ver o andamento dos trabalhos. A vistoria final está programada para acontecer em dezembro.