Nesta quarta-feira, em Criciúma, vários serviços de saúde iniciaram a realização de testes rápidos.

Foram notificados, e divulgados na noite desta quarta, nove novos casos de Covid-19 de residentes de Criciúma, além de outros quatro casos de pacientes residentes de municípios vizinhos.

De Criciúma, são sete pacientes, entre 20 e 40 anos, e dois pacientes, de 60 a 70 anos, sendo quatro homens e cinco mulheres.

A Vigilância Epidemiológica de Criciúma reforça que estão sendo tomadas as devidas medidas de prevenção e controle referentes a estes casos, tal qual ocorre com os casos notificados pelas instituições hospitalares.

Casos

Agora, são 59 casos confirmados de Covid-19 notificados em Criciúma, sendo 21 deles residentes de outros municípios.

De 38 confirmados na cidade, dez já são considerados recuperados.

Vinte pacientes, entre confirmados e suspeitos, estão em unidades hospitalares, nove deles em UTI’s.

Até o momento foram realizadas 299 coletas de amostra para análise de Covid-19 em Criciúma, sendo 205 casos já descartados.

Óbitos

Foram quatro óbitos por coronavírus notificados na cidade, um deles de uma moradora de um município vizinho, mas que estava internada em Criciúma.

O primeiro caso foi do empresário Evaldo Stopassoli, de 73 anos.

O segundo, ocorrido na quinta-feira da semana passada, mas confirmado no sábado, foi de uma idosa de 71 anos, moradora de Balneário Gaivota, que estava internada na cidade.

O terceiro foi na segunda-feira, de uma idosa de 79 anos, moradora da cidade, que já possuía comorbidades.

E o quarto caso de óbito confirmado por coronavírus, contabilizado ontem, foi de um idoso, de 87 anos, portador de diabetes.

Foto Studio OCP