Você já se deu conta de quantas vezes por dia faz uso de algum aplicativo para otimizar o tempo e auxiliar no melhor desempenho das tarefas diárias? Seja para realizar uma compra, agendar um serviço, conversar com amigos ou fornecedores, pagar contas ou pedir comida, os aplicativos são essenciais em nossa vida.

O Brasil é um dos mercados de aplicativos que mais cresce em todo o mundo, contando com uma população mobile-first jovem e uma grande penetração de smartphones em todas as classes sociais. O termo mobile first é um conceito aplicado em projetos web onde o foco inicial da arquitetura e desenvolvimento é direcionado aos dispositivos móveis.

Uma pesquisa divulgada pela State of App Marketing de 2021, apontou que houve uma alta para 2,6 bilhões de downloads de aplicativos no Brasil somente no primeiro trimestre de 2021. O dado representa um aumento ano a ano de 20% e um crescimento de 55% em comparação aos registros de 2018, no mesmo período.

Já o estudo da Comscore, 2021, revela que há no Brasil 112 milhões de usuários de smartphones e mostra que o uso de aplicativos representa mais de 90% do tempo consumido nos dispositivos móveis.

Aplicativos melhores

“A tecnologia hoje é um instrumento digital de intermediação entre produção e consumo, transformando as relações de trabalho e as formas de comunicação na sociedade. Durante o desenvolvimento de um aplicativo, é preciso ter foco em oferecer a melhor experiência para os usuários simplificando a navegação, reduzindo a quantidade de cliques, tornando, assim, o aplicativo mais amigável”, enfatiza o diretor comercial da empresa de tecnologia Mouts, Robson Cristovão.

O executivo comenta que a procura por aplicativos personalizados e melhoria em aplicativos existentes aumentou significativamente no último ano. “Como o exemplo das empresas Uniodonto e Unifique, que procuraram a Mouts para realização de desenvolvimento de novos aplicativos ou redesign de aplicativos já existentes”, destaca.

A motivação por esta procura, normalmente, está relacionada com a baixa aderência na utilização do aplicativo, que pode estar motivada por erros no desenvolvimento, aplicativo não usual ou por não trazer uma boa experiência para o usuário.

Os cases citados por Robson Cristovão, Uniodonto Beneficiário e Minha Unifique foram estudados para atender a todas as necessidades dos clientes e gerar uma experiência positiva para os usuários catarinenses. Os aplicativos foram desenvolvidos pelo Departamento de TI dos clientes, em parceria com a Mouts, e estão em utilização desde 2020 e 2019, respectivamente.

No app da Uniodonto é possível ter acesso a carteirinha virtual, consultar dados do plano, consultar procedimentos disponíveis e suas carências, visualizar faturas e baixar boletos, clube de vantagens, acessar e baixar o documento para declaração de IR e encontrar uma unidade ou dentista cooperado em sua região. Já os prestadores de serviços podem gerenciar informações de seus consultórios, gerenciar atendimentos clínicos, utilizar o serviço para digitalizar a Guia de Tratamento Odontológico.

“Além disso, desenvolvemos Facial Recognition System, cuja técnica consiste em mapear um padrão característico facial, que, por meio de Inteligência Artificial, identifica o indivíduo. Utilizamos esta técnica para liberação de exames, buscando maior segurança no processo”, conta Robson.

Já no aplicativo Minha Unifique, o usuário pode consultar serviços contratados, efetuar pagamentos ou verificar faturas pendentes. É possível também acionar o serviço de suporte, utilizar o desbloqueio por confiança e trocar sua senha do wi-fi.

E por que investir em um aplicativo personalizado?

Com as mudanças nos hábitos da população acelerados com o cenário vivido na pandemia da Covid-19, o marketing e os serviços online tiveram que ser reinventados. “Hoje ter um aplicativo é essencial”, pondera Robson.

Praticamente tudo é online e pode ser resolvido através da telinha do celular. Seja o sistema operacional Android ou iOS, é possível alcançar níveis mais altos e estreitar os canais de relacionamento com o usuário do seu negócio através de apps personalizados. “Há muitos aplicativos prontos no mercado, mas qual seu diferencial em utilizar o mesmo usado pela concorrência? Criar um app com uma identidade visual própria e um sistema confeccionado pensando no usuário, fornecendo dados valiosos para a tomada de decisão e a entrega de uma performance muito melhor ao usuário, faz com que ele se sinta próximo da marca, aumentando o engajamento e a fidelidade”, frisa o diretor comercial da Mouts.

E dados da pesquisa State of App Marketing de 2021, reforçam a necessidade das empresas investirem nos apps, sendo que 145% foi o número no aumento de compras no primeiro semestre de 2021, comparado com o mesmo período de 2020. Segundo o estudo, os brasileiros gastaram o equivalente a R$ 1.405.350.000 em compras dentro dos aplicativos, além das inscrições no Google Play e iOS durante o período vigente. Outro negócio que deslanchou foi o uso de deliverys, que somam 200% e aplicativos de relacionamento, que cresceram 406%, desde o início da pandemia.

 

Receba as notícias de Blumenau e região pelo WhatsApp clicando aqui.