A Diretoria de Defesa Civil da Prefeitura de Jaraguá do Sul iniciou os testes com um aplicativo para celulares no qual seu usuário pode monitorar, em tempo real, a elevação ou diminuição dos níveis dos três principais rios do município: Itapocu, Jaraguá e Itapocuzinho. O aplicativo, batizado de AlertaJa, foi desenvolvido pelo servidor público e analista de tecnologia de informação, Helizelton Marcelo Pedron, ou como é conhecido, Dan, com o auxílio de outros servidores da Defesa Civil jaraguaense. A apresentação do aplicativo foi feita nesta quarta-feira (7). Segundo o diretor municipal de Defesa Civil, Hideraldo Colle, a ideia é que um grupo restrito de 50 pessoas tenha acesso ao AlertaJa num primeiro momento para testar seu funcionamento e passar as impressões para sejam feitos ajustes, se necessários, pela equipe que administra o sistema. O coordenador regional da Defesa Civil do governo do Estado, Osvaldo Gonçalves, acompanhou a apresentação. Segundo Dan, se hoje o sistema permite fazer o monitoramento dos rios e da quantidade de chuva, no futuro poderá emitir alertas sobre a iminência de enchentes. “A ideia de criar o aplicativo surgiu da dificuldade de fazer esse monitoramento integrado com o programa Acqua que conta com nove estações, três delas no município, nos bairros Três Rios do Sul e João Pessoa, além de outra gerenciada pela empresa Malwee”, destacou Dan. O aplicativo levou cerca de um mês para ser criado. “A parte gráfica obedeceu critérios solicitados pela própria diretoria de Defesa Civil, que pediu um aplicativo de fácil visualização e manuseio”, explicou o analista. Por ser um web app, pode ser baixado em qualquer aparelho celular com navegador de internet. Com dados compartilhados do Acqua, o AlertaJa é atualizado minuto a minuto, “Além disso, ao clicar sobre o nome do rio você tem acesso a um gráfico que mostra as mudanças do nível do afluente nas últimas 24 horas e menu explicativo nas cores verde (normalidade), amarela (atenção), laranja (alerta) e vermelha (alerta máximo) quanto ao estado do rio”, explica Dan. Para Colle, ressalta a importância do aplicativo, mas diz que ainda não há prazo para a conclusão dos testes. "É extremamente útil. Não só para nós que fazemos este acompanhamento, como para as pessoas que moram próximas aos próprios rios." A expectativa de Colle é que o aplicativo se torne mais uma ferramenta de consulta para a comunidade, a exemplo do que já ocorre no site e na fanpage da Defesa Civil no Facebook. “Com isso, liberar a demanda do próprio serviço 199 que ficaria restrito para emergência mesmo, já que muitas pessoas ligam somente para saber como está o nível dos rios’, ponderou o diretor.   *Com informações e foto da assessoria de imprensa da Prefeitura de Jaraguá do Sul