Nesta segunda-feira (21), a Apae de Jaraguá do Sul inicia a intensa programação da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla. Neste ano serão abordados os direitos, necessidades e realizações dos usuários, com objetivo de quebrar os tabus e vencer as barreiras da desigualdade. No primeiro dia, as atividades serão voltadas aos alunos e funcionários. O Colégio Evangélico e a escola estadual Roland Harold Dornbusch recebem professores e usuários da Apae durante a manhã e tarde de terça-feira. Na noite de quarta-feira, três instituições de ensino superior de Jaraguá terão palestras sobre o fortalecimento do trabalho voluntário. Segundo o assistente social da Apae, David Crispim, serão abordadas questões relacionadas ao funcionamento das ações voluntárias, requisitos e importância para o desenvolvimento dos envolvidos. A ação chamada de Praça Inclusiva acontece na quinta-feira, na Praça Ângelo Piazera. O evento já é tradicional e tem como intuito mostrar à população os trabalhos realizados pela associação para promover a inclusão. Sexta-feira será o dia da Apae em Ação, com apresentações teatrais e de dança, informações sobre os projetos desenvolvidos na instituição, orientação sobre avaliação de deficiências, estimulação em bebês e outros. A tradicional festa da família também está no cronograma de ações. Ela ocorre entre 8h e 11h de sábado. “Esse é o momento mais aguardado pelos usuários devido à integração que acontece entre as famílias e equipe pedagógica”, aponta Crispim. A partir das 11h30, a Apae irá promover o 1º Arroz com Lingüiça, com show musical, recreação e desfiles de moto. O valor do almoço é R$ 15. Os ingressos podem ser adquiridos na instituição.