No estado da Geórgia, nos Estados Unidos, o projeto Jail Dogs (cães de cadeia) trabalha com a união de detentos com animais que seriam sacrificados por mau comportamento.

Divulgação/Jail Dogs

O projeto tem como objetivo fazer com que os presidiários sejam responsáveis por adestrar cães e gatos durante 12 semanas. Os animais e os detentos convivem juntos dentro do presídio durante o período.

Depois disso, se o animal estiver apto para conviver com outras pessoas, ele poderá ser adotado.

Esse projeto é desenvolvido com os animais do Centro de Zoonoses da região e tem como finalidade mostrar aos presos técnicas de adestramento na prática.

Divulgação/Jail Dogs

Desse modo, os dois lados recebem uma segunda chance: os presos uma oportunidade de aprender uma nova profissão e diminuir o cumprimento da pena e os bichinhos a oportunidade de ganhar um novo lar.

Divulgação/Jail Dogs

Os responsáveis pelo projeto divulgaram um vídeo. Está em inglês, mas é possível ver como as detentas interagem com os gatinhos: