A Associação das Microempresas, Empresas de Pequeno Porte e Empreendedores Individuais (Ampe) de Blumenau formalizou seu apoio institucional ao Programa Brasil Mais, que tem como objetivo aprimorar as capacidades gerenciais, produtivas e digitais de empresas brasileiras, promovendo melhorias rápidas, de baixo custo e alto impacto para os empresários catarinenses, com aumento da produtividade e da competitividade nas micro e pequenas empresas. O ciclo 3 inicia no mês de julho, com 2.200 vagas disponíveis em Santa Catarina. As inscrições já podem ser realizadas pelo https://gov.br/brasilmais.

O Programa Brasil Mais oferece acompanhamento contínuo e consultorias especializadas. A capacitação dos pequenos negócios catarinenses é oferecida pelo Sebrae/SC, em que os participantes recebem acompanhamento técnico dos Agentes Locais de Inovação (ALI). A meta, em Santa Catarina, é atender cerca de 13.200 empresas, entre micro e pequenos negócios, até 2022.

Para Pedro Gilmar Fank, presidente da Ampe Blumenau, "quando temos a oportunidade de ajudar e melhorar a produtividade das microempresas, empresas de pequeno porte e empreendedores individuais da nossa região, motivados pela necessidade premente que as empresas devem ter para continuarem competitivas, o Programa Brasil Mais é uma grande ferramenta, vital para oportunizar condições de se encontrar soluções para problemas que porventura estejam afligindo os empresários. A Ampe Blumenau, ao tomar conhecimento do Brasil Mais, de imediato firmou a parceria institucional e certamente nossos Associados colherão bons frutos dessa iniciativa. Então, recomendo que aproveitem esta oportunidade, façam sua inscrição no Sebrae, lembrando que a consultoria será gratuita."

O gerente regional do Sebrae Vale do Itajaí, Donizete Böger, reforça que essa é uma oportunidade de levar ainda mais conhecimento aos microempreendedores individuais e aos empresários da micro e pequena empresa da cidade.

“O Programa Brasil Mais oferece um potencial de crescimento muito significativo às empresas. De forma gratuita, os Agentes Locais de Inovação indicam, em um trabalho conjunto com os empreendedores, as ações inovadoras que podem ser desenvolvidas, levando o negócio a caminhos mais competitivos no mercado”, afirma.

Como participar do Programa Brasil Mais

Na prática, os empreendedores recebem acompanhamento da empresa em um período de 4 meses, por um Agente Local de Inovação (ALI), durante 6 encontros individuais, mais 5 encontros coletivos, que fará um sprint de inovação com mapeamento do problema e implantação de solução para aumento de faturamento ou redução de custo. O acompanhamento do Agente Local de Inovação é gratuito e os participantes podem contar ainda com o benefício de até 70% de subsídio nos produtos de Consultoria Especializada e Tecnológica.

Além do atendimento do programa ALI, o Sebrae apoia o Brasil Mais com fornecimento de manuais de melhores práticas produtivas e gerenciais, e-books, cursos de capacitação, ferramentas de autodiagnóstico para avaliação de maturidade das empresas relacionadas às práticas produtivas, gerenciais e digitais.

Sobre o Programa Brasil Mais

O programa é realizado pela Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (SEPEC), do Ministério da Economia, em parceria com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). O Sebrae atua no projeto para ajudar os donos de pequenos negócios a aumentarem a produtividade e a competitividade das suas empresas e deve atender até 120 mil negócios durante a execução do programa.

Mais Informações no 0800 570 0800.

Receba as notícias de Blumenau e região pelo WhatsApp clicando aqui.