A partir desta terça-feira (26), os sete Ambulatórios Gerais (AGs) de Blumenau ampliarão o funcionamento das salas de vacinação até as 20h. A ação se estende até o dia 5 de junho, data prevista para o término da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe Influenza.

A medida busca facilitar o acesso à imunização das pessoas que não têm disponibilidade para comparecer a uma das unidades em horário comercial. À exceção dos idosos, os demais grupos prioritários ainda estão abaixo da meta de 90% de cobertura vacinal estipulada pelo Ministério da Saúde.

Das quase 20 mil crianças maiores de seis meses e menores de seis anos que precisam estar protegidas, apenas cerca de 40% já tomaram a vacina neste ano.

“Os pais precisam se conscientizar e levar nossas crianças até uma sala de vacina. O inverno está chegando, os vírus estão circulando, temos atualmente a situação do coronavírus, então quanto mais imunizadas as pessoas estiveram, melhor para a saúde de todos”, avaliou o secretário municipal de Promoção da Saúde, Winnetou Krambeck.

Agendamento online

Para evitar aglomerações durante a pandemia da Covid-19, o agendamento online vem sendo realizado pela Secretaria Municipal de Promoção da Saúde desde o início da campanha de vacinação.

O agendamento pode ser efetuado por meio do aplicativo Pronto Mobile, disponibilizado gratuitamente para celulares com sistema Android e iOS; pelo site da Prefeitura; ou por contato telefônico com a unidade de saúde. No momento da marcação online, o usuário deverá selecionar a qual grupo pertence e estar ciente da obrigação de apresentar um documento que comprove sua situação.

Além dos sete AGs, outras 27 unidades de Estratégia Saúde da Família (ESFs) estão com horários disponíveis para marcação. A agenda das ESFs é reduzida em relação aos AGs.

Grupos que devem providenciar a vacina

  • Crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade;
  • Pessoas com deficiência;
  • Gestantes;
  • Puérperas (até 45 dias após o parto);
  • Adultos de 55 a 59 anos de idade;
  • Professores das escolas públicas e privadas;
  • Idosos (acima de 60 anos);
  • Trabalhadores da saúde;
  • Profissionais das forças de segurança e salvamento;
  • Portadores de doenças crônicas não transmissíveis;
  • Caminhoneiros;
  • Trabalhadores portuários;
  • Profissionais de transporte coletivo;
  • Funcionários do sistema prisional.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Telegram Jaraguá do Sul