Em cerca de duas horas, mais de 250 pessoas já haviam sido atendidas na primeira edição do Bazar Beneficente da AMA (Associação de Amigos do Autista) Jaraguá do Sul, garantiu a diretora social, Letícia Dalprá. Mas a expectativa é muito maior para o resto da semana, afinal, o bazar segue até o próximo sábado (10).

Letícia ressalta que o objetivo do bazar beneficente é arrecadar fundos que possam auxiliar na manutenção da entidade que, nos últimos meses, teve um déficit de cerca de R$ 15 mil.

“O destino do valor arrecadado no bazar é manter a entidade. Hoje, fechamos o mês no negativo. Tem sido assim nos últimos seis meses”, afirma. A expectativa  é arrecadar cerca de R$ 30 mil até o fim do bazar.

Ao abrir as portas, às 9h desta segunda-feira (5), o bazar tinha 5 mil peças, mas a diretora conta que as doações continuam sendo recebidas pelos voluntários, que separam e precificam as peças no estoque antes de encaminhar para a rua Reinoldo Rau, 86, no Centro, onde o evento está sendo realizado.

Os valores das peças variam entre R$ 2 e R$ 90 e é possível encontrar roupas femininas, masculinas e infantil, além de calçados, utensílios domésticos e decoração natalina.

Letícia ressalta ainda que a intenção da entidade é tornar o bazar um evento anual, com data fixa no calendário da AMA no segundo semestre, com o objetivo de ter uma forma de arrecadar fundos também no segundo semestre, uma vez que em abril a entidade realiza o “abril azul”.

“Esse é o primeiro, mas a intenção é incluir no calendário, torná-lo anual”, diz Letícia.

Com 27 anos de história, a AMA realiza em média 106 atendimentos e a diretora destaca que muitos dos atendimentos são realizados há muitos anos. “É uma instituição que quando a pessoa entra, não tem previsão de saída. Não tem rotatividade”, explica.

Consumo do bem

Escolhendo algumas peças no bazar, Josiane da Costa Macedo, de 32 anos, afirma que é importante valorizar o trabalho realizado pela AMA. As compras são, para ela, uma forma de fazer isso com facilidade, já que o evento está sendo realizado em lugar acessível, no Centro de Jaraguá do Sul.

“É importante comprar porque são boas peças e você está ajudando um trabalho bacana sem ter que perder muito tempo, é perto de tudo”, analisa.

Para Daniele Reckziegel, de 35 anos, além de colaborar com o trabalho da instituição, o bazar promove o reaproveitamento.

“São coisas boas, de qualidade. As roupas podem ser reaproveitadas, precisamos ter essa consciência. É uma ação fundamental e a AMA é uma instituição que precisa e que nós sabemos a finalidade dos recursos, nós podemos ver as ações deles”, destaca Daniele.

Serviço

  • O que: Bazar Beneficente Amigos da AMA
  • Quando: De segunda-feira (5) a sábado (10) – de segunda a sexta, das  9h às 19h e no sábado, das 9h às 17h
  • Onde: rua Reinoldo Rau, 86, Centro
  • Quanto: As peças estão sendo comercializadas de R$ 2 a R$ 90

Quer receber as notícias no WhatsApp?