Alunos do IFSC ganham destaque em processos de seleção

Formandos Daiane Schwarz, Lidiane Mayer e Eduardo Borba irão para a graduação e se preparam ao mercado de trabalho - Foto: Eduardo Montecino Formandos Daiane Schwarz, Lidiane Mayer e Eduardo Borba irão para a graduação e se preparam ao mercado de trabalho - Foto: Eduardo Montecino

Cotidiano

Por: OCP News Jaraguá do Sul

sábado, 04:00 - 27/02/2016

OCP News Jaraguá do Sul
Gratuito, público e de qualidade. É o tripé que está fazendo a diferença na vida de formandos do curso técnico integrado em Química do IFSC (Instituto Federal de Santa Catarina) em Jaraguá do Sul. Os números comprovam: dos 28 estudantes que se formaram na última turma, no ano passado, 26 prestaram vestibular e passaram em pelo menos uma instituição de ensino superior entre dezembro de 2015 e janeiro de 2016. Por causa da greve dos professores, em 2015, e da reposição da aulas, a formatura da turma será em abril. Dos 26 aprovados em cursos de ensino superior, 17 foram aceitos na UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), o que corresponde a 65,3%. O mesmo grupo também obteve aprovação para ingresso em outras faculdades: cinco para a UFPR, três na Udesc, duas na PUC-PR, duas da Católica SC e duas na Univille, além de aprovações individuais nas instituições IFC, Furb, Univali e Faculdade Jangada. Para o diretor do câmpus, Jaison da Maia, os resultados falam por si. “Em um espaço curto de tempo, viramos referência em qualidade de ensino na região, no curso técnico integrado. Temos um quadro altamente qualificado, professores com mestrado e doutorado, todo o suporte na área pedagógica e dos demais profissionais”. Ele atesta o aumento na concorrência dos processos seletivos para ingressar no IFSC, que registram dez candidatos por vaga. “Muitos estudantes, quando chegam no nono ano, já se preparam para cá”, observa. A coordenadora do curso técnico integrado em Química, Anne Bartz, explica que o ingresso é semestral, com duração de quatro anos, que inclui estágio obrigatório. Segundo ela, o ensino prepara às exigências do mercado regional, tem um laboratório de química completo e uma biblioteca bem equipada. Outro suporte é o Programa Conectando Saberes, voltado ao desenvolvimento da pesquisa. “Aqui em Jaraguá do Sul tem muita opção para a área química”, diz. Três histórias de dedicação A estudante Daiane Schwarz, 18 anos, prestou vestibular e passou para Engenharia Sanitária e Ambiental na UFSC e Engenharia Química na PUC-PR. “Vou para a UFSC”, confirma, com um largo sorriso. Ela garante que conseguiu conciliar o estudo e o lazer. A amiga Lidiane Mayer, 18 anos, também passou em Engenharia Sanitária e Ambiental na UFSC e dividirá apartamento com Daiane. Ela também se classificou para Engenharia de Produção e Sistemas, na Udesc e Católica SC, e na Univille, para Engenharia Química. “Não esperava passar nos quatro vestibulares. Ter estudado aqui abriu muitas oportunidades para a gente”, resume. Eduardo Jair Borba, 18, vai estudar no IFSC em Blumenau para licenciatura em Química. “Aqui eles exigem um pouco mais, para preparar bem a gente. Foi surpresa e não foi ter passado no vestibular”, diz. Ele comemora o fato de começar a trabalhar como laboratorista em uma indústria têxtil na próxima semana. “Vou receber um pouco mais de salário inicial por ter me formado aqui”, diz. IFSC EM NÚMEROS Alunos: • 2.252 (sendo 1.121 no câmpus do Centro e 1.131 no câmpus do Rau) Professores: • 108 (total, sendo 64 na unidade do centro e 44 na unidade do Rau) Cursos em Jaraguá do Sul: • Técnico integrado ao ensino médio (Química) • Técnicos pós-médios (Malharia, Vestuário, Beneficiamento Têxtil, Mecânica, Eletrotécnica e Produção e Design de Moda) • Graduações (Engenharia Elétrica, licenciatura em Física e tecnólogo em Fabricação Mecânica) • Proeja (ensino profissionalizante e ensino médio para jovens e adultos) • Qualificação profissional de curta duração (média de 160 /aula)
×