A timidez da pequena Elisa Sadzinski, cinco anos, é deixada de lado assim que as primeiras “batidas” acontecem. Animada e acompanhada por outras crianças, a integrante do Femusckinho repete os movimentos indicados pelo professor. Palmas, pernas, pés, boca e dedos. Todos os membros do corpo se tornam verdadeiros instrumentos musicais e auxiliam no aprendizado nas aulas de percussão corporal, nova modalidade oferecida aos alunos do Femusckinho e do Femusc Jovem. De maneira lúdica e muito divertida, os pequenos aprendem e são iniciados no universo musical no programa oferecido pelo Festival de Música de Santa Catarina (Femusc). Além de percussão corporal, os futuros musicistas têm aulas de musicalização, flauta-doce, canto coral e instrumentos de cordas. Realizado há oito anos, o Femusckinho é uma verdadeira colônia de férias musical oferecida aos pequenos de seis a 12 anos de idade. Paralelo a ele, ocorre também o Femusc Jovem para os alunos de 13 a 17 anos. Neste ano, os dois programas ganharam a adição das aulas de percussão corporal e, para as crianças de seis a oito anos, foram oferecidas aulas com instrumentos de corda, modalidade antes oferecida apenas para a faixa de nove a 12 anos.

2016-01-26 - femuskinho - piero ragazzi-12 De maneira lúdica, os pequenos aprendem e são iniciados no universo musical pelo programa

Tais inovações, segundo a coordenadora pedagógica dos programas, Liara Roseli Krobot, foram solicitações dos próprios participantes. “Nas avaliações que eles fazem no fim do festival, tanto as crianças quanto os jovens apontaram que gostariam de ter aulas de percussão”, diz. Ela explica que essas aulas são uma maneira de aprender música de maneira lúdica e utilizar o próprio corpo como instrumento musical. As aulas são bem aproveitadas pelos pequenos, que se divertem a cada novo movimento. Participando pela segunda vez do Femusckinho, Manoela Graciano embarcou de vez nas aulas. “É muito legal porque aprende vário ritmos e junto com os amigos. Quando um não consegue fazer, todos vão lá e ajudam”, conta. A menina, que faz aulas de viola, projeta, quando a idade permitir, participar também do Femusc. De um jeito tímido e estreando no programa, a pequena Elisa Sadzinski, não usa as palavras para falar sobre as novas aulas. Mas sim, o sorriso. É durante os movimentos corporais que ela dá a certeza de que está curtindo os dias de aprendizagem musical. Experiência inovadora com os instrumentos de cordas Não existe uma metodologia específica editada para o ensino de instrumentos de cordas para crianças na faixa etária de seis a oito anos de maneira coletiva, porém, a equipe pedagógica do Femusckinho se desafiou a fazer isso. Neste ano, os alunos de seis a oito anos também têm tendo aulas com violinos, violas, violoncelos e contra-baixos, assim como os de nove a 12 anos já tinham nas edições passadas. De acordo com a professora Patricia Perizollo, natural de São Paulo, os alunos aprendem a rotina de uma orquestra e também tem o contato de musicalização através dos instrumentos de cordas friccionadas. “Estamos inovando porque estamos adaptando uma metodologia para uma faixa etária menor e felizes por estar dando certo”, comenta.

Além de percussão corporal, os futuros musicistas têm aulas de musicalização, flauta-doce, canto coral e instrumentos de cordas Além de percussão corporal, os futuros musicistas têm aulas de musicalização, flauta-doce, canto coral e instrumentos de cordas

Pela terceira vez do programa, Davi de Araújo, de oito anos, vive sua primeira experiência como maestro. Ele regerá a orquestra composta por integrantes do Femusckinho no sábado (30), a partir das 13h30, uma proposta da organização do programa para mostrar o desenvolvimento das crianças. Aos risos, ele diz não ser difícil e está feliz pela experiência com os amigos, principalmente por todas as aulas que faz. Acostumado com o violino, já que o irmão toca, escolheu aprender a viola. “Não sei por que, mas achei legal”, diz. Neste ano, o Femusckinho conta com 70 participantes de seis a 12 anos e o Femusc Jovem com 50 pessoas de 13 a 17 anos. PROGRAMAÇÃO Quarta-feira (27) • 12h - Série Femusc no Shopping - Local: Jaraguá do Sul Park Shopping • 18h - Série Piano Masters - Local: Sala 201 da Scar • 18h - Série Recitais de Canto Lírico - Local: Sala de Exposições da Scar • 19h - Série Momento Springmann - Local: Pequeno Teatro da Scar • 19h - Série Violão Plus - Local: Piano Bar da Scar • 20h - Série Musicalmente Falando - Local: Grande Teatro da Scar • 20h30 - Série Grandes Concertos - Concerto de música de câmara com professores e participantes do programa Promusc - Local: Grande Teatro da Scar Obras: Holborne, Anthony - Danças Dvorak, Antonin - Quinteto de cordas em sol maior. Beethoven, Ludwig van - Fantasia coral • 20h30 - Série Recitais de Câmara Local: Pequeno Teatro da Scar Quinta-feira (28) • 9h - Série Femusc nos hospitais - Local: Hospital São José • 12h - Série Femusc no Shopping - Local: Jaraguá do Sul Park Shopping • 15h - Série Femusc nos hospitais - Local: Hospital São José • 15h - Série Femusc no Lar das Flores Local: Lar das Flores • 18h - Série Piano Masters - Local: Sala 201 da Scar • 18h - Série Recitais de Canto Lírico - Local: Sala de Exposições da Scar • 19h - Série Momento Springmann - Local: Pequeno Teatro da Scar • 19h - Série Violão Plus - Local: Piano Bar da Scar • 20h - Série Musicalmente Falando - Local: Grande Teatro da Scar • 20h30 - Série Grandes Concertos - Local: Grande Teatro da Scar Obras: Pachelbel, Johann - Canone em ré maior Molnar, Josef - Spring rain Cohen, Michael - Appassionata Grupo de Harpas do Femusc Shostakovich, Dmitri - Quarteto de Cordas n. 3, mvts 2 e 3 Projeto Serioso Regência: Richard Young (viola) Grupo de metais Haydn, Franz Joseph - Sinfonia n. 88 Camerata Promusc Regência: Simon Bernardini • 20h30 - Série Recitais de Câmara - Local: Pequeno Teatro da Scar *A programação completa e a série Grandes Concertos ao vivo pode ser conferida no site www.femusc.com.br. Os ingressos são gratuitos e começam a ser distribuídos com dois dias de antecedência dos espetáculos.