Desenvolver o aprendizado e as habilidades dos alunos da rede municipal de ensino de Criciúma são os objetivos do novo projeto da Secretaria Municipal de Educação e da Diretoria de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação. Com essa finalidade, em parceria com a Abadeus, os alunos passarão a contar com um curso de comunicação e oratória, por meio do projeto ‘Interpretec’ nas escolas. O curso foi lançado nessa última segunda-feira (12), no Salão Ouro Negro, no Paço Municipal Marcos Rovaris, visando melhorar a desenvoltura nas habilidades pessoais e profissionais dos estudantes, para que consigam apresentar as informações e os conhecimentos que aprendem em sala de aula com mais facilidade.

“A iniciativa e o objetivo de iniciarmos este projeto nas escolas, assim como todos os outros que já ofertamos, é para qualificar e trazer, cada vez mais, educação de qualidade na rede municipal de ensino. Desse modo, fazendo Criciúma ser referência na Educação em Santa Catarina e preparando os estudantes para serem reconhecidos e fazerem sempre a diferença, posteriormente, no mercado de trabalho”, destacou o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro.

O secretário da Fazenda, Celito Cardoso, lembra o verbete intrapreneur, que traduzido para a língua portuguesa significa ‘empreender dentro dos limites da própria organização’.

 

“Um dos grandes objetivos deste programa é, sem dúvida, o ensinamento da criatividade e do empreendedorismo nos bancos escolares, para desenvolver e aprofundar o exercício da inovação”, ressaltou.

 

O secretário ainda estabelece que o projeto é uma nova e grande oportunidade em que o município de Criciúma sai na frente para desenvolver seus discentes num ambiente criativo, inovador e capacitador para os novos tempos.

 

“Desafiador sim, mas acima de tudo uma oportunidade de descobrir talentos, protegê-los e incentivá-los na busca continua do novo”, concluiu.

 

Para a diretora da Abadeus, Shirlei Monteiro, o objetivo do Interpretec é promover a cultura do empreendedorismo e inovação, conectando pessoas ao conhecimento, ao pensamento criativo, inovador e ao futuro para a geração de valor e oportunidade.

 

“A comunicação faz parte dos conteúdos de formação da Abadeus, e estamos honrados pelo convite e aprovação do município para aplicar o programa Interpretec para os alunos da rede municipal de ensino. Assim, vamos contribuir para elevar a Educação em Criciúma, usando a comunicação como aliada da aprendizagem com um olhar para a educação do amanhã”, ponderou.

 

Desenvolvimento de habilidades

Conforme o secretário municipal de Educação, Miri Dagostim, os projetos realizados pela Secretaria Municipal de Educação, oportunizam aos estudantes a capacitação e a preparação para seu futuro pessoal e profissional, devido às dinâmicas e aos aprendizados desenvolvidos nas salas de aula.

 

O aprendizado e o desenvolvimento de nossos estudantes é o mais importante, porque nosso objetivo é contribuir para que eles possam ocupar qualquer espaço em igualdade de oportunidade. Além disso, esse algo a mais que eles receberão fortalecerá e ampliará o que estão aprendendo em sala de aula para conseguirem se apresentar bem em diferentes ocasiões”, frisou.

O secretário também ressalta que este projeto ajudará os estudantes a desenvolverem as suas competências comunicativas. Eles terão aulas com profissionais de coaching, programações neurolinguísticas e de comunicação verbal e escrita.

 

“Além de aulas de teatro, musicalização, marketing e entre outras atividades para desenvolverem uma série de habilidades pessoais e de comunicação. Ainda, ao final, eles farão uma apresentação especial envolvendo todas as habilidades e competências que desenvolveram ao longo do curso”, completou.