A área da Educação foi uma das mais afetadas pela pandemia de Covid-19. Com essa nova realidade, a Secretaria Municipal de Educação de Criciúma percebeu a dificuldade no processo de aprendizagem dos estudantes e idealizou o Programa de Aprendizagem Contínua. A partir desta segunda-feira (5), 3,3 mil alunos de 52 unidades escolares de Ensino Fundamental terão aulas de Língua Portuguesa e Matemática no contraturno escolar.

Segundo o secretário de Educação, Miri Dagostim, esta é uma das ações pedagógicas para recuperar o percurso formativo do estudante e combater a evasão escolar. “A secretaria sempre estará aberta para contribuir com os alunos. Sabemos que a pandemia afetou aprendizagem dos estudantes, mas com as aulas do programa os alunos poderão passar pelas dificuldades”, acrescentou.

O programa oferta novas oportunidades de recuperação da aprendizagem aos estudantes com dificuldades no seu percurso escolar. A iniciativa é uma das ações de intervenções pedagógicas para enfrentamento das dificuldades acentuadas com a pandemia do coronavírus. Os estudantes contemplados são de 1º e 9º anos.

Formação continuada

Os professores passaram por uma formação continuada para atender os alunos no contraturno com as aulas dos dois componentes curriculares. A formação ocorreu no Teatro Municipal Elias Angeloni. A iniciativa marcou o início das formações continuadas dos profissionais participantes do programa.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp