Não há como negar: o pão faz parte da alimentação da maioria das pessoas. Muitas delas confessam, inclusive, considerá-lo insubstituível no café da manhã! Atualmente, existe uma variedade enorme desses produtos à venda no mercado, além, claro, do tradicional pãozinho francês. As pessoas que se preocupam mais com uma alimentação saudável tendem a escolher as versões integrais; outras, porém, não trocam o pão branco “por nada”! Mas o fato é que nem mesmo os pães considerados mais saudáveis podem ser consumidos em excesso. Caso contrário, oferecem diversos malefícios à saúde. E, se você pensa que o único risco desse consumo em excesso é o ganho de peso, está enganada: os pães podem até levar ao desenvolvimento de doenças como a diabetes. Confira ao lado uma lista com alguns dos problemas que o consumo de pães pode gerar, bem como informações de como consumir esse alimento de maneira adequada, sem oferecer prejuízos à sua saúde: 1. O consumo de pão branco pode levar a diabetes O pão branco é composto basicamente de farinha processada (carboidrato simples) que tem ação semelhante a do açúcar, podendo levar a uma resistência à insulina e, futuramente, diabetes. 2. Pão branco não promove saciedade e provoca inchaço O pão branco é pobre em nutrientes e não contém fibras em sua composição, ou seja, seu consumo não promove saciedade. O fermento biológico também é engordativo e provoca inchaço. Por isso, é recomendado que se opte sempre pelo pão integral, rico em fibras e, se possível, em grãos, que trarão saciedade e equilibrarão a compulsão, sem ganho de peso ou prejuízos ao corpo. 3. Pães são ricos em carboidratos e podem levar ao ganho de peso Qualquer tipo de pão apresenta ingredientes ricos em carboidratos, seja na versão integral, sem glúten ou com farinha branca. O consumo exagerado de carboidrato sem um aumento do gasto energético é transformado em gordura. Ou seja, a pessoa ganhará peso. Assim, vale ressaltar que nem mesmo os pães integrais devem ser consumidos em excesso. 4. A maioria dos pães possui glúten O glúten é uma proteína encontrada no trigo, aveia, centeio e cevada. Para algumas pessoas, os chamados celíacos, a ingestão dessa proteína é prejudicial à saúde, causando reações alérgicas.No entanto, não é só o celíaco que se beneficia ao não ingerir produtos que contenham glúten. Pesquisas sugerem que a ingestão frequente de grandes quantidades da proteína por pessoas hipersensíveis afetam algumas funções do corpo, podendo causar alguns sintomas como: constipação intestinal, rinite, asma, artrite, dermatite, alterações de humor, ansiedade e depressão. 5. Muitos pães possuem açúcar Pouca gente sabe, mas muitos pães possuem açúcar em sua composição, o que, claro, pode ser prejudicial à saúde. O açúcar refinado não tem nenhum valor nutricional. Seu consumo eleva a glicemia rapidamente, aumentando a insulina e, consequentemente, o depósito de gordura no organismo. Além disso, ele está associado ao aumento de doenças inflamatórias, desequilíbrio da microflora intestinal e aumento da proliferação das bactérias e fungos no organismo.