Agricultura familiar entra na mira da Engie Solar

Agricultura familiar entra na mira da Engie Solar Agricultura familiar entra na mira da Engie Solar

Cotidiano

Por: Windson Prado

sábado, 08:00 - 17/02/2018

Windson Prado
A Engie é uma das primeiras empresas do setor de energia no país a obter cadastro junto ao MDA (Ministério do Desenvolvimento Agrário) como fornecedora de sistemas fotovoltaicos que podem ser financiados pelos agricultores familiares. Com isso, a empresa tem seu produto credenciado para ser adquirido por meio das linhas do Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar) financiadas pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), como, por exemplo, o Pronaf Mais Alimentos que possibilita aos produtores rurais investimentos em energia renovável com limite de R$ 165 mil, prazo de dez anos para pagamento e taxa de juros de 2,5% ao ano, uma das menores do mercado. A obtenção do registro de produto financiável pelo MDA exige algumas qualificações como preço adequado, produto nacionalizado e filiação da empresa à Absolar (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), todas cumpridas pela empresa. “A energia solar é um recurso plenamente disponível e viável que veio para impulsionar ainda mais o agronegócio brasileiro”, diz Rodolfo de Sousa Pinto, presidente da Engie Solar. “E a obtenção do código MDA por parte da Engie aproxima ainda mais os produtores rurais desse recurso uma vez que eles podem contar com financiamento facilitado para adquirir os sistemas”, conclui. A energia solar vem passando por uma rápida expansão no Brasil com o número de sistemas fotovoltaicos alcançando a marca de 20 mil unidades em janeiro deste ano no país, quase três vezes mais do que os 7,7 mil que tinha no início de 2017. Energia limpa e mais econômica para o agronegócio O investimento em um sistema de geração de energia solar fotovoltaica é bastante atraente para os produtores rurais porque, com as alternativas de financiamento que dispõe, em alguns casos, o desconto obtido na conta mensal de energia da propriedade com a geração própria equivale ao valor da parcela do financiamento. Assim, o que é economizado na conta da luz é utilizado para pagar as parcelas do empréstimo. E, quando o empréstimo estiver quitado, o produtor terá em sua propriedade energia elétrica praticamente de graça, uma vez que as placas solares têm baixo custo de manutenção e garantia de geração de energia de 25 anos. Como funciona a tecnologia Um sistema de energia solar fotovoltaico, também chamado de sistema de energia solar ou, ainda, sistema fotovoltaico, gera energia elétrica por meio da radiação solar. Normalmente instalado nos telhados, é a tecnologia mais popular no planeta para a microgeração distribuída de energia limpa e renovável. As residências e empresas que possuem esses sistemas produzem a própria energia que consomem, sendo que qualquer excedente é depositado na rede elétrica e se transforma em créditos junto à Distribuidora. Esses créditos, que possuem uma validade de cinco anos, são utilizados nos momentos em que a unidade estiver consumindo mais energia do que gerando, como dias de chuva ou à noite. Sobre a Engie Geração Solar Distribuída A Engie Geração Solar Distribuída é a Linha de Negócios da Engie para o mercado de geração fotovoltaica distribuída. Oferece soluções completas de energia fotovoltaica para residências, comércios e indústrias, tendo em seu portfólio milhares de instalações em todo o país. *Com informações de assessoria de imprensa

Quer receber as notícias do Jornal de Joinville no whatsApp?  Basta clicar aqui

×