O decreto da estadualização da Via Rápida, que faz a ligação de Criciúma e Içara à BR-101, foi publicado no Diário Oficial do Estado.

A partir de agora, a rodovia é de responsabilidade do Governo de Santa Catarina e faz parte do Plano Rodoviário Estadual.

A Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) iniciará a manutenção no trecho neste mês com serviços de tapa buracos, roçada e melhorias na sinalização.

Fiscalização

A fiscalização será realizada pela Polícia Militar Rodoviária (PMRv).

“A estadualização do trecho é muito importante, pois agora vamos conseguir realizar a manutenção da rodovia e garantir mais segurança a todos os motoristas que trafegam no local”, declarou o secretário da Infraestrutura, Carlos Hassler.

A via, que tem 12,7 quilômetros, inicia na região do bairro Próspera, em Criciúma, com dois acessos no perímetro urbano, e segue por 10 quilômetros até a BR-101, passando pelo município de Içara.

Acesso duplicado

É o primeiro acesso duplicado até a rodovia federal.

A obra foi inaugurada em dezembro de 2017 e o investimento foi de mais de R$ 150 milhões.