A partir desta semana, uma equipe da Prefeitura de Blumenau vai iniciar o Levantamento de Índice Rápido Amostral, o segundo deste ano, com o objetivo de coletar informações sobre a presença do mosquito Aedes aegypti no município. O inseto é responsável por transmitir doenças como a dengue.

Até o fim de novembro, cerca de 40 mil imóveis receberão visitas de 65 agentes de endemias a fim de verificar a situação do vetor na cidade. Neste período, as 1.650 armadilhas instaladas em diversos pontos serão desativadas para a realização da pesquisa.

Todos os agentes estarão identificados com uniforme e crachá que traz nome e número de matrícula do profissional na Prefeitura. As fotos dos servidores que farão as visitas estão disponíveis no site da Prefeitura.

Até o dia 26 de outubro, Blumenau contava com 1.010 focos do mosquito da dengue - em 2019, foram registrados apenas 308. Atualmente, os bairros Centro, Itoupava Seca, Velha, Victor Konder, Vila Nova, Jardim Blumenau, Água Verde e Itoupavazinha são considerados infestados pelo inseto.

Como evitar a proliferação do mosquito?

  • Elimine água parada de todos os recipientes;
  • Evite usar pratos nos vasos de plantas. Se usá-los, coloque areia até a borda;
  • Guarde garrafas com o gargalo virado para baixo;
  • Mantenha lixeiras tampadas;
  • Deixe os depósitos d’água sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d’água;
  • Plantas como bromélias devem ser evitadas, pois acumulam água;
  • Trate a água da piscina com cloro e limpe-a uma vez por semana;
  • Mantenha ralos fechados e desentupidos;
  • Lave com escova os potes de comida e de água dos animais no mínimo uma vez por semana;
  • Retire a água acumulada em lajes;
  • Dê descarga, no mínimo uma vez por semana, em banheiros pouco usados;
  • Mantenha fechada a tampa do vaso sanitário;
  • Evite acumular entulho, pois ele pode se tornar local de foco do mosquito da dengue.