Adotar um pet pode trazer experiências inesquecíveis e salvar uma vida
Adotar um pet pode trazer experiências inesquecíveis e salvar uma vida

O comércio de cães e gatos de raça tem aumentado muito nos últimos anos e, nesse caso, abrigos e ONGs, como a SOS Vira Lata, têm certa dificuldade em conseguir lares para os bichinhos que são salvos de maus-tratos e também da rua todos os dias.

Pensando nisso, que tal levar em consideração a ideia de adotar um pet ao invés de comprar?

O jornalista Giovane Marcelino possui dois cães adotados.

"Eles foram abandonados aqui na porta de casa em 2017 e a gente até não tinha espaço para colocar eles, mas quando a gente quer, dá um jeito. Demos um jeito, eles estão aqui em casa, fortinhos, e são as coisas mais amadas do mundo", comentou Giovane.

De acordo com a colaboradora do SOS Vira Lata, Patricia Canarin, quando alguém adota um pet muitas vezes está salvando a vida de um animalzinho inocente e que, se continuasse nas ruas, teria com certeza uma vida mais curta e muito sofrida.

"Os cães e gatos são animais domésticos. Dependem do ser humano para sua sobrevivência. A expectativa dos animais que vivem na rua é muito baixa. Ao adotar um animal, estamos literalmente salvando uma vida, que na maioria das vezes é muito curta e sofrida para aqueles que não têm quem os ajude", ressaltou Patricia.

Para ela, a adoção é muito importante, pois animais que vivem na rua nem sempre têm a sorte de achar uma ONG ou alguém que adote para que tenha uma família que dê todo o amor e carinho.

Para o jornalista Giovane Marcelino, que possui dois cães adotados, ato traz vários benefícios / Fotos: Divulgação

Patricia salientou que se a escolha for comprar um cachorrinho ou gato também não tem problema, toda forma de amor é muito importante, porém é necessário tomar cuidado e saber a procedência de onde está adquirindo os animais, para não financiar a exploração destes "seres tão amados".

"Ao comprar um animal, seja por gostar da raça ou símbolo de status, deve-se levar em conta a procedência, pois infelizmente há fábricas de filhotes de raça em que suas matrizes vivem em condições deploráveis e, ao comprar, acaba-se incentivando essa indústria de exploração", completou a colaboradora.

Alguns cães têm a sorte de serem tirados da rua.

"Adotar é tudo de bom, faz muito bem para quem é adotado e para quem adota. O ato de adotar um cachorrinho traz vários benefícios. Às vezes, quando você está triste, você brinca com eles e eles alegram o seu dia. Se eu pudesse, adotava todos os cachorrinhos de rua", afirmou Giovane Marcelino.

A ONG SOS Vira Lata está com alguns pets para adoção, praticamente todos os animais já vão vermifugados, castrados e com as primeiras vacinas.

Quem tiver interesse em fazer uma adoção responsável é só entrar em contato através do direct do Instagram @sosviralata ou pelo e-mail contato@sosviralata.org.br.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul