A Polícia Civil de Joinville participou da Operação Petróleo Real 2021, com o objetivo de fiscalizar postos de combustíveis.

No município, oito postos receberam a visita da equipe de fiscalização, composta também por servidores da Polícia Militar, do Instituto de Metrologia de Santa Catarina (Imetro/SC) e da Secretaria de Estado da Fazenda de Santa Catarina (SEF/SC).

Ao todo, foram analisados 118 bicos de bombas de combustíveis - um deles foi lacrado em razão de fornecer 120 ml a menos a cada 20 litros.

Outras situações serão alvo de apuração, já que alguns postos estão deixando de comercializar etanol, embora mantenham a oferta desse produto e disponham de autorização para tanto junto à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Além disso, serão investigados casos de exploração de atividades econômicas sem autorizações administrativas, e ao menos um dos estabelecimentos estava em desacordo com regras de acessibilidade para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

As informações reunidas durante a operação serão ainda encaminhadas para outros órgãos públicos, dentre os quais a ANP, Prefeitura e Delegacia de Polícia Civil.