A Abvesc (Associação dos Bombeiros Voluntários de Santa Catarina) fez apelo ao governo do Estado para que operacionalize o repasse de recursos relativos ao biênio 2017/2018 para as 31 corporações filiadas. O compromisso inicial do governo era repassar R$ 4,5 milhões por ano, em que 30% se destinam ao custeio das unidades voluntárias e 70% ao investimento na estrutura de atendimento operacional.
Quer receber as notícias do Jornal de Joinville no WhatsApp? Basta clicar aqui
O rateio para as 31 corporações é feito de acordo com a população que cada uma atende. Hoje, os bombeiros voluntários prestam serviços em 50 cidades, totalizando uma população atendida de aproximadamente 1,6 milhão de catarinenses. Somente em 2017, os bombeiros voluntários atenderam 71.581 ocorrências de situação de urgência e emergências nas cidades de sua área de abrangência.
O governo do Estado havia se comprometido em repassar R$ 9 milhões para as corporações de bombeiros voluntários até o final de 2018. Porém, no decorrer de 2017 houve uma modificação orçamentária e o montante do biênio 2017/2018, foi reduzido para R$ 7 milhões, sendo R$ 2,1 milhões para custeio e R$ 4,9 milhões para investimento.
Até o momento, houve a assinatura do termo de fomento para o custeio e foram repassados para a Abvesc apenas R$ 300 mil. Por sua vez, o valor para investimento não houve ainda sequer a assinatura do termo de fomento.
O presidente da Abvesc, Moacir Thomazi, disse nesta quarta (21) que a falta de repasses põe em risco a continuidade do modelo de bombeiro voluntário no Estado, considerando a incapacidade de manutenção e investimentos das corporações. “A unidade de Joinville, por exemplo, já tem um caminhão de combate a incêndio parado por questões de manutenção”, observou.
A diretoria da Abvesc, com o apoio das afiliadas negocia a formalização do apoio financeiro do Estado para o biênio 2017/18 desde 24 de janeiro de 2017. Uma comitiva foi recebida em audiência pelo governador do Estado, oportunidade em que renovou o apelo dos bombeiros voluntários. Desde o encontro de 2017, até fevereiro deste ano, foram inúmeras reuniões, contatos telefônicos e articulações com a estrutura do governo do Estado e o próprio governador.
 
Sobre a Abvesc
A Associação dos Bombeiros Voluntários de Santa Catarina foi fundada em 1994. Hoje conta com aproximadamente 3,7 mil integrantes, distribuídos nas 31 corporações filiadas que prestam serviço voluntário, executando ações de prevenção e combate a incêndios, busca e salvamento, atendimento pré-hospitalar e ações de defesa civil, entre outras situações, nas cidades e regiões de abrangência.
 
Contraponto
De acordo com a ADR (Agência de Desenvolvimento Regional) de Joinville, o presidente da Abvesc Moacir Thomazi esteve nesta terça-feira (20) na unidade para conversar sobre os repasses com a secretária de desenvolvimento regional, Simone Schramm. Uma reunião com o governador e representantes da Secretaria do Estado da Fazenda foi agendada para o dia 3 de maio na Capital.
A Secretaria do Estado da Fazenda informou que apenas as parcelas de fevereiro e março estão atrasadas.
 
*Com informações de assessoria de imprensa