Abril encerrou como sendo o mês com mais registros de óbitos por Covid-19 desde o início da pandemia, em Criciúma. Foram 80 mortes em 30 dias, vitimando as mais diversas faixas etárias.

O número mais alto havia sido em dezembro do ano passado, quando foram contabilizados 75 óbitos. Em março, foram 72 perdas para o coronavírus.

Somente neste ano, Criciúma registrou 218 mortes por conta da pandemia, mais do que no ano passado todo, que fechou com 211 óbitos. Hoje a cidade soma 429 vidas ceifadas pela Covid.