A Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação de Corupá, no Norte catarinense, registrou na manhã desta quarta-feira (22) um boletim de ocorrência na delegacia do município pedindo para que seja apurada a identidade dos responsáveis pela depredação do telhado de um abrigo de passageiros de ônibus localizado na rua Roberto Seidel, no bairro Seminário. O ato de vandalismo deve ter ocorrido na terça-feira (21). Até segunda-feira (20), o casal Albano Marquardt e Silvete Rossil dos Santos e o cachorro Menino ocupavam o local, que haviam transformado em um lar improvisado, inclusive com decoração natalina. A reportagem da Rede OCP esteve lá conversando com eles e contando seu modo de vida. Na terça, o homem e a mulher foram retirados do ponto de ônibus pela Secretaria de Assistência Social e levados para um espaço temporário providenciado pela pasta, e logo depois o local foi destruído. A depredação do patrimônio público é considerada crime sendo prevista no artigo 163 do código penal e tem como pena o pagamento de multa e detenção de 6 meses a 3 anos para os responsáveis. Na manhã desta quarta-feira (22), a Secretaria de Infraestrutura de Corupá retirou todo o telhado do abrigo de passageiros depredado e deve repor as telhas nos próximos dias. LEIA TAMBÉM: Moradores de rua decoram casa improvisada em ponto de ônibus em Corupá *Com informações da assessoria de imprensa da Prefeitura de Corupá