Um turbilhão de ideias, uma mente muito criativa e a vontade incessante de experimentar. Assim, inquieto e cheio de vontades, e capturando referências de tudo que o rodeia, Cássio Marcel Spuldaro Lopes, mais conhecido como Marcel Spuldaro, faz sua arte. Expressivo em cada uma das linhas, o trabalho do artista natural de Caçador, mas que mora em Jaraguá do Sul desde o primeiro mês de vida, é um dos destaques da produção local. As pinturas começaram nas paredes de seu quarto, ainda na adolescência, ganharam alguns painéis externos e em outras casas, chegaram a ser estampas de camisas e hoje chamam atenção através dos quadros que misturam diversas técnicas, e também em pinturas diretamente nas paredes, que acabam sendo transformadas em telas. Madeiras, materiais de demolição, entre outros itens, serviram de base para muitos dos trabalhos de Spuldaro, que alimenta um carinho por esculturas e outras manifestações artísticas. O trabalho hoje visto nas telas de Marcel Spuldaro passou por uma série de modificações e experimentações e até mesmo um hiato, porém, segue com a mesma essência. Por alguns anos, ele deixou de lado os pincéis e demais ferramentas para atuar como artista gráfico em uma empresa têxtil. Ao mesmo tempo em que se distanciava da criação autoral, começou a compreender o lado artístico-comercial e, quando foi demitido - em abril de 2015, decidiu que era hora de apostar de novo em sua arte. “Percebi que aquela era a chance de tentar andar de novo com as minhas próprias pernas. Fiquei seis meses sem saber o que fazer, então decidi tentar de novo, mas desta vez aliando o artístico ao comercial”, explica. Com uma pegada ilustrativa, e inspirado no trabalho do artista plástico Alexandre Meldau - que morou por 30 anos em Jaraguá do Sul, entre outros artistas, Spuldaro tem a escultura, fotografia e ficção científica como temas recorrentes em suas obras. “Sou ‘nerdzão’ então tudo desse universo acaba influenciando em meu trabalho, mas passo por referências como a do quadrinista Alex Ross até obras de Da Vince, por exemplo”, comenta. Por gostar muito de experimentar, Spuldaro não tem medo das novidades. "Nessa nova fase de trabalho, vi que deveria começar a produzir trabalhos mais acessíveis", diz. Por isso, além dos trabalhos autorais - de variados tamanhos, o artista também faz encomendas de acordo com o que a pessoa deseja. Além de usar diversas técnicas como aquarela, lápis aquarelável, tinta acrílica e até mesmo spray, o trabalho de Marcel Spuldaro une o manual ao digital. “Uso a tecnologia sim, mas não dependo dela. Sou adepto da fusão entre essas duas áreas. A ideia surge primeiro na minha cabeça, depois faço um esboço manual, transporto para o meio digital - para mostrar uma prévia ao cliente, caso seja uma encomenda, e a produção final é toda manual porque acho importante resgatar essas técnicas”, enfatiza. 2016_08_08 MArcelo Spuldaro artista quadros - em (3)

Os trabalhos do jaraguaense podem ser conferidos na página Marcel Spuldaro Arts no Facebook e também no site marcelspuldaro.com.br.