Fotos: Eduardo Montecino/OCP Online
Fotos: Eduardo Montecino/OCP Online
Depois de décadas de espera, finalmente a ponte que permitirá encurtar quilometragem, tempo e contribuir para que o trânsito flua entre os bairros Rau e Amizade será aberta ao tráfego. A data é dia 16 de março.
Apesar da passagem permanecer impedida, por causa dos trabalhos de finalização do lado do Amizade, eventualmente é atravessada por pedestres e ciclistas, que ignoram as placas de advertência.
Apontada como a maior passagem sobre estrutura entregue pelo município até agora, a ponte soma 3.230 metros quadrados, com 170 metros de comprimento por 19 metros de largura, mais três pilares de sustentação.
O empreendimento começou a ser construído em junho de 2014. Executado pela construtora Infrasul, de Joinville, terá quatro pistas para veículos e dois passeios, mais as ciclofaixas localizadas nos dois lados da ponte. O investimento com a construção soma cerca de R$ 8,3 milhões, além dos R$ 3 milhões destinados aos acessos.
A ponte também favorecerá o trânsito dos estudantes da Católica SC.
Necessidade antiga
“A Ponte do Rau era um necessidade antiga da população e que agora se torna realidade. Grande parte do trânsito dos bairros Rau, Amizade e arredores será desafogado com abertura dessa passagem”, enfatiza o prefeito Dieter Janssen.
O secretário de Urbanismo, Ronis Bosse, confirma que a Infrasul tem até o dia 10 para concluir os trabalhos, “porque depois vem a iluminação, que será executada pela [empresa] Serrana”, com investimento de aproximadamente R$ 150 mil.
Do lado do bairro Amizade, na manhã de ontem, cerca de 20 trabalhadores da Infrasul providenciavam os serviços de instalação de boca de lobo e na colocação da base de brita graduada, nos cerca de 154 metros de acesso até a cabeceira da ponte.
A dona de casa Daniela Maiuchi, 40 anos, reconhece que a ponte “vai favorecer o pessoal do Amizade, Água Verde e Rau. Com certeza, vai bastante movimento.”
A vizinha Tânia Karsten, 47 anos, aprova a obra, mas lembra que o asfalto, inicialmente, não contemplará toda a rua Vista Alegre (onde desemboca a ponte, pelo Amizade). “Legal, precisava, só que quanto ao trânsito, não sei como vai ficar”, observa.
Obra viaduto rau - em

Ontem, cerca de 20 trabalhadores providenciavam bocas de lobo e base de brita em um dos acessos