Durante o recesso escolar de julho (16 a 29), da rede municipal de ensino de Florianópolis, 19 escolas, de um total de 36, utilizarão o período para reposição de aulas por conta da última greve dos servidores públicos.

Dos 88 núcleos de educação municipal Infantil (NEIM’s), 31 também farão uso das férias para repor atividades.

Situação das escolas

Em se tratando de escolas, há 2 delas que efetuarão a reposição nas duas semanas de recesso, a Osvaldo Galupo (Morro do Horácio) e a José do Valle Pereira (João Paulo).

Treze farão uso apenas da primeira semana, tendo como exemplos a Lupércio Belarmino da Silva (Caieira da Barra do Sul), Brigadeiro Eduardo Gomes (Campeche) e Almirante Carvalhal (Coqueiros). Na segunda semana somente a Maria Tomázia Coelho (Santinho) fará reposição.

Três escolas decidiram por utilizar apenas alguns dias para atividades, Dilma Lúcia dos Santos (Armação do Pântano do Sul), João Francisco Garcez (Canto da Lagoa) e José Jacinto Cardoso (Serrinha).

Aulas serão repostas nas escolas da rede municipal de ensino de Florianópolis | Foto Divulgação | PMF

Situação dos NEIM’s

Nove NEIM’s definiram no seu calendário que haverá atendimento durante as duas semanas de férias, como é o caso do Canto da Lagoa (Canto da Lagoa), Raul Francisco Lisboa (santo Antônio de Lisboa)e Morro do Mocotó (Morro da Queimada).

Já 15 estabelecimentos de ensino utilizarão a primeira semana do recesso escolar para tal fim, entre eles o NEIM Hassis (Costeira do Pirajubaé).

Outros 7 núcleos usarão alguns dias para reposição. Exemplos são os NEIM’s Joel Rogério de Freeitas (Monte Cristo), Paulo Michels (Sapé) e Luiz Paulo da Silva (Santinho).

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?