Jaraguá do Sul volta à mídia nacional sustentando o título de "Cidade Mais Pacífica do Brasil", conforme série especial do programa "Fantástico". A reportagem faz uma comparação com os piores índices do país que pertencem a Altamira, no Pará.
Os números positivos em diversas áreas tornaram a cidade catarinense referência no país e alvo de estudo. O município é apontado como exemplo em educação, empregabilidade, sistema prisional e investimento cultural.
Uma rede de esforços faz de Jaraguá do Sul uma cidade modelo, onde o associativismo se destaca e contribui com o desenvolvimento local. Empreender com responsabilidade social tem sido a missão das empresas e indústrias locais, onde as associações desempenham papel fundamental.

Município trabalha para evoluir cada vez mais

Com uma comunidade engajada, o município vem trabalhando para evoluir cada vez mais na busca de soluções para os períodos de instabilidade, como o que o país atravessa. Conta, também, com forças de segurança atuantes e em sintonia com a sociedade.
Ainda há o que melhorar? A resposta é "sim"! No entanto, ser um exemplo positivo para o Brasil já é um ótimo começo. Confira cinco notícias que explicam por que Jaraguá do Sul é a cidade mais pacífica do país:

1. Trabalho e renda no sistema prisional

A direção do Presídio Regional de Jaraguá do Sul pretende aumentar em cerca de 40% o número de presos que trabalham durante o cumprimento da pena. Atualmente, 195 internos atuam em oficinas de três empresas da região e também para a Prefeitura. Inicialmente, 30 presos vão começar o trabalho e as outras 50 vagas vão depender da ampliação do espaço na unidade.

Confira a matéria completa.

2. Educação para apenados

Reduzir os dias de pena e aprender. Esse é o objetivo de um projeto realizado no Presídio Regional de Jaraguá do Sul. Aproximadamente 130 apenados participam do "Despertar pela Leitura", que oportuniza a ressocialização dos internos por meio de um projeto de leitura como construção de conhecimento. Um processo de cidadania e humanização do sistema.

Confira a matéria completa.

3. Fomento à cultura

Fundada há mais de 60 anos, a Sociedade Cultura Artística (Scar) passou por mudanças em seu estatuto, implantando a governança corporativa e buscando o profissionalismo na gestão. Com isso, a instituição alterou seu organograma e está ainda mais voltada à sustentabilidade. Responsável pela formação artística de centenas de alunos anualmente, a Scar projeta seu futuro para garantir a perpetuidade da instituição.

Confira a matéria completa.

4. Novos postos de trabalho

Depois do melhor resultado para janeiro em oito anos, a geração de empregos em Jaraguá do Sul teve o melhor resultado para fevereiro desde 2015, com um saldo positivo de 1.367 postos de trabalho criados no segundo mês do ano. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Confira a matéria completa.

5. O ranking nacional

Jaraguá do Sul é considerada a cidade mais pacífica do país quando levados em conta municípios com mais de 100 mil habitantes. Os dados apontados na pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) se referem ao ano de 2015, quando Jaraguá possuía 163.735 habitantes e registrou apenas cinco homicídios e uma morte violenta com causa indeterminada. A taxa de homicídios foi de 3,1 para cada 100 mil habitantes.

Confira a matéria completa.

Leia também:

https://ocponline.com.br/duas-faixas-elevadas-substituem-radares-na-rua-jose-narloch/
https://ocponline.com.br/mutirao-para-diminuir-fiacao-solta-nos-postes-comeca-nesta-semana/