A partir de 1º até 30 de junho vai acontecer a 2ª Feira Virtual do Mel de Santa Catarina. Mais uma vez, por conta da pandemia e em respeito a tantas perdas, os apicultores e meliponicultores do estado optaram pelo formato virtual da feira, que até 2019 aconteceu nas ruas do Centro de Florianópolis.

O formato virtual permitiu ampliar as vendas para todas as cidades de Santa Catarina e demais estados brasileiros, mostrando a qualidade do nosso mel para todo o país.

Aproximadamente 30 produtores estarão com méis e derivados à venda pelo site, que estará no ar dia 1º de junho. São produtores de diversas regiões de Santa Catarina oferecendo mel e derivados.

 

Produtos que serão comercializados:

  • Balas
  • Bolachas de mel
  • Bolo de mel
  • Cera de abelha
  • Extrato de própolis
  • Favo de mel
  • Mel com certificação orgânica
  • Mel composto
  • Mel de diversas floradas
  • Mel de melato com certificação orgânica
  • Mel de melato de bracatinga
  • Pão de Mel
  • Pólen
  • Pólen Orgânico

A Feira é uma realização da FAASC (Federação das Associações de Apicultores e Meliponicultores de Santa Catarina), Epagri e Sebrae/SC. De acordo com o presidente da FAASC, Ivanir Cella o objetivo é aproximar o produtor do consumidor, divulgar o potencial, a qualidade e a diversificação do produto catarinense.

“Com o site estamos estabelecendo novos mecanismos de comercialização do nosso mel, buscando o desenvolvimento territorial e agregando valor aos produtos. Assim também podemos expandir a feira do mel de Santa Catarina para consumidores de todo Brasil, que vai ter acesso aos melhores méis, todos com certificação”, diz o presidente da FAASC, Ivanir Cella.

A plataforma não é um e-commerce, ela é para aproximar o consumidor do produtor. Através dela o comprador pode escolher um fornecedor para a sua cidade e entrar em contato diretamente com ele. A venda do mel será tabelada como todos os anos, porém os demais produtos são negociados junto ao produtor, assim como o frete.

 

Sucesso em 2020

A 1ª Feira Virtual do Mel de SC, realizada no ano passado, foi um sucesso, de acordo com o chefe da Divisão de Estudos Apícolas da Epagri, Rodrigo Durieux da Cunha. “Foi um sucesso pela grande repercussão que teve o mel catarinense, que ganhou alcance nacional oportunizando a divulgação e muitos contatos comerciais aos feirantes. Durante um mês, a feira alcançou 13 mil pessoas e elevou as vendas dos expositores em 10%”, comemora Rodrigo. Devido a esse sucesso, organizadores e feirantes decidiram por manter a feira no formato virtual, mesmo quando ela já puder acontecer no formato presencial.

 

Preços tabelados:

  • Mel silvestre, de eucalipto e uva Japão - Pote de 1 kg: 30,00
  • Mel com certificação de orgânico - Pote de 1 kg: 35,00
  • Mel de Melato de Bracatinga - Pote de 1 kg: 35,00