O 23º Festival Nacional de Teatro para Crianças e Jovens (Fenatib) contará com oficinas teatrais on-line e presenciais. Está também em andamento oficina sobre “mediação teatral" , ministrada pela professora Sabrina Moura para formação de professores. O procedimento procura aproximar o público da cena teatral, criando espaços para a conquista crítica e criativa em relação ao espetáculo, e pode ser usado por artistas ou professores em sala de aula.

Todo o conteúdo da oficina está vinculado à programação do 23º Fenatib e será ministrado antes do início do festival. A carga horária é de 20h, dividida em cinco transmissões programadas de acordo com o cronograma.

A Oficina “Teatro para a Infância: Novas questões” será presencial, com número de participantes limitado a 10 pessoas, admitidas por ordem de inscrição. As palestras serão conduzidas pelo doutor Miguel Vellinho (RJ) e destinam-se a professores, atores e a jovens do ensino médio. Serão 20 horas de oficina, divididas entre estudos e atividades no Cine Teatro Edith Gaertner - Secretaria Municipal de Cultura, de 24 a 26 de agosto.

O texto base para o desenvolvimento do trabalho será “Ogroleto”, e a proposta desta oficina é atualizar as discussões sobre a abordagem de determinadas temáticas para o público infantil, a partir de debate, análise e experimentações cênicas. Em três encontros de três horas cada, a oficina traz novas questões que necessitam entrar na pauta de quem trabalha com a infância. O exercício da reflexão e da troca de experiências pode potencializar o entendimento dos meios de aproximação da criança e as formas de intermediação possíveis.

Em um ambiente que vai valorizar a Internet, neste ano as atrações de palco serão 100% digitais. O festival poderá ser acessado gratuitamente a partir do dia 20 de agosto.

Acompanhe as atrações no site www.inarti.org.br.