O risoto é considerado uma receita simples e fácil de fazer, leva aproximadamente 30 minutos para ficar pronto e, dependendo da porção, serve até três pessoas.

No entanto, o famoso prato da culinária italiana, que chegou no século XIX no Brasil, exige atenção e algumas técnicas na cozinha para que seja preparado da forma correta, até o ponto ideal.

Um dos segredos para evidenciar todo sabor do arroz e dos outros ingredientes, segundo a chef Rosa Rodrigues, é utilizar um grão curto e arredondado, que soltará amido no caldo e deixará a receita ainda mais cremosa. Essa, inclusive, é a característica especial do risoto, que o faz ser reconhecido por todos, uma vez que se une ao gosto saboroso dos temperos absorvidos no arroz.

Segundo Rosa, o segredo para alcançar a cremosidade e o ponto perfeito está na técnica cuidadosa empregada no preparo, pois utilizar um grão de qualidade adicionará umidade ao prato. Além disso, um diferencial no sabor está na forma de como ele é mexido, porque é nesta hora, enquanto cozinha, que o arroz solta o amido.

Aliando gosto e cultura, o risoto ganha repercussão nos lares e nos restaurantes com acompanhamentos típicos de cada região brasileira, como carne, queijo, alho-poró, entre tantas.

Variados sabores

Em Santa Catarina, conforme relata a chef, os risotos que são preparados com mais frequência utilizam carne bovina e frutos do mar.

“Para quem ama carne bovina, há opções como o alho-poró com iscas de filé, e claro, aqueles que levam filé e funghi são sucesso garantido. Aos apaixonados por frutos do mar, nada melhor que um risoto de camarão. Além disso, uma opção vegetariana refrescante é o de caprese. Enfim, são muitos os ingredientes que podemos utilizar em um risoto, permitindo construir sabores para os mais diferentes paladares”, ressalta a chef.

Risoto mais saudável

O risoto tende a ser um prato rico em carboidratos e gorduras, mas para torná-lo mais saudável, basta evitar alguns ingredientes, como a nata. De acordo com Rosa, ela eleva o valor calórico, assim como os temperos industrializados.

A chef ainda destaca que cuidar com a quantia do sal e fazer o caldo em casa com diversos legumes, como cenoura, salsão, abobrinha e cebola, pode deixar o prato mais nutritivo e saudável, sem comprometer o sabor.

O preparo

De forma geral, o preparo dos risotos é feito de forma gradual e com bastante calma. Depois que a panela com os temperos está pronta, basta começar a cozinhar o arroz do risoto e ir adicionando o caldo aos poucos, sempre mexendo constantemente. Por fim, mistura-se o complemento e parte-se para a finalização.

“E para fechar com maestria, emprega-se uma técnica chamada mantecatura, que consiste em adicionar manteiga fria e queijo ralado ao risoto já cozido, misturando delicadamente até obter uma textura cremosa e brilhante”, explica Rosa.