Na véspera de disputar a final do Mundial de Clubes, contra o Tigres, o zagueiro Jérôme Boateng, titular do Bayern de Munique, foi liberado para voltar à Alemanha após a morte de sua ex-namorada, a modelo Kasia Lenhardt.

A mulher de 25 anos foi encontrada morta em um apartamento na capital Berlim. Segundo a imprensa local, a causa ainda está sendo investigada pela polícia, que não trata ainda o ocorrido como suspeita de assassinato.

"Jérôme Boateng regressará a Munique antes da final por motivos pessoais", disse o comunicado oficial do Bayern.

Boateng e Kasia terminaram o relacionamento de 15 meses há uma semana e com sérias acusações de infidelidade e chantagem.

Kasia rotulou o jogador de 32 anos de “demônio”, enquanto Boateng acusou a ex-namorada de sabotar seu relacionamento com sua ex-mulher, com quem tem três filhos.