O sonho de disputar o cinturão no UFC parece cada vez mais próximo de ser realizado por Taila Santos.

Após a vitória por finalização sobre Joanne Wood no último sábado (20), em Las Vegas-EUA, a jaraguaense deixou o 10º lugar do peso-mosca e subiu cinco posições, entrando no Top 5 da categoria.

Ela ultrapassou a própria escocesa, que agora é número 6, além de Viviane Araújo (#7), Andrea Lee (#8), Jessica Eye (#9) e Cynthia Calvillo (#10).

Vivendo seu melhor momento, a lutadora de 28 anos vem quatro vitórias consecutivas e se colocou definitivamente entre os principais nomes do peso-mosca.

Na coletiva de imprensa após a luta contra Wood, Taila fez mistério quanto ao seu desejo de próxima adversária, mas admitiu que trata-se de uma atleta entre as cinco primeiras colocadas da divisão.

“Eu não revelei (o nome que tem em mente para sua próxima luta). Não vou revelar o nome agora. Mas vamos trabalhar duro, fazer uma estratégia e, ano que vem, vamos entrar firme. (…) Sim, é uma (atleta do) top 5”, disse.

A jaraguaense também não descartou a possibilidade de já fazer a disputa do cinturão contra a campeã Valentina Shevchenko.

“Sim, aceito. (…) A gente tem que fazer um trabalho, tem todo um treinamento, um camp a ser feito, e a hora que chegar o momento (de disputar o cinturão), a gente vai estar preparado. Mas com esse tempo de treinamento, tendo tempo para fazer uma estratégia”, afirmou.

Em seu cartel no MMA profissional, Taila Santos acumula 19 vitórias e apenas uma derrota.

Trajetória de Taila no UFC

A única derrota de Taila Santos em sua história no MMA profissional foi na estreia do Ultimate para italiana Mara Romero Borella.

Mas a jaraguaense se recuperou e chegou a uma sequência a quatro vitórias. Antes de finalizar Wood, ela bateu a inglesa Molly McCann, a canadense Gillian Robertson, e a norte-americana Roxanne Modafferi, todas por decisão unânime dos juízes.

Ranking peso-mosca