Foto Divulgação
Foto Divulgação

No início da tarde desta terça-feira (12), o ex-presidente do Vasco, Eurico Miranda, faleceu no em um hospital do Rio de Janeiro, vítima de um câncer no cérebro. Dirigente mais icônico da história do clube, ele tinha 74 anos e deixa enlutados quatro filhos.

Presidente do Conselho de Beneméritos do cruzmaltino até então, Eurico Miranda já havia encarado um câncer na bexiga e outro no pulmão nos últimos anos, e descobriu o tumor no cérebro no ano passado.

O estado piorou na última semana, quando o dirigente começou a apresentar dificuldades de se alimentar. Após ser levado ao hospital na manhã desta terça, ele não resistiu e acabou morrendo.

Eurico foi mandatário do Vasco por duas vezes. A primeira de 2003 a 2008, e a segunda de 2015 a 2017. Além disso, foi vice-presidente de futebol entre 1990 e 2002, período mais vitorioso do clube, com as conquistas do Campeonato Brasileiro de 1997, Copa Libertadores de 1998, Copa João Havelange de 2000 e Copa Mercosul de 2000.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?