A vitória do Fast sobre o Penarol-AM por 3 a 2 não foi a única coisa que chamou a atenção no confronto válido pela terceira rodada da Série D do Campeonato Brasileiro.

Após cometer pênalti e ser expulso na metade do segundo tempo, o goleiro Bruno Colaço, do Penarol, perdeu a cabeça e agrediu o árbitro Dagoberto Silva Modesto com um soco.

Os jogadores dos dois times apartaram a confusão, mas os policiais precisaram entrar em campo para proteger o árbitro, deixando o jogo paralisado por cinco minutos.

Após a retomada, o goleiro reserva do Penarol, Matheus Melo, defendeu a cobrança e evitou o quarto gol do Fast.

Veja o vídeo: