Biniam Girmay, de 22 anos, fez história no ciclismo ao se tornar o primeiro africano a vencer uma etapa do Giro da Itália, um dos eventos mais tradicionais do esporte no mundo.

Mas o atleta da Eritreia precisou abandonar o restante da competição por um motivo inusitado. Na hora da comemoração no pódio, ele acabou machucando o olho esquerdo com a rolha de espumante ao abrir a garrafa.

Nesta quarta-feira (18), a equipe do atleta informou que o ferimento acabou causando sua retirada do campeonato.

Em consulta num hospital na cidade de Jesi, os médicos avaliaram que Girmay poderia aumentar o risco de hemorragia no olho se continuasse no evento.

“Sua lesão está evoluindo na direção certa e será acompanhada por uma equipe médica nos próximos dias. Para minimizar o risco de expansão da hemorragia e da pressão intraocular, é fortemente recomendado evitar a atividade física”, disse Piet Daneels, médico da equipe de Girmay.

O ciclista ficou seis vezes no Top 5 de dez etapas do Giro da Itália e estava em segundo lugar geral.