A sexta-feira (10) foi de decisões para dois brasileiros no US Open, o último Grand Slam de tênis da temporada.

O primeiro a entrar em quadra foi Bruno Soares. Campeão em 2016 e 2020, o mineiro teve que adiar o sonho do tricampeonato.

O brasileiro e o britânico Jamie Murray perderam a final das duplas masculinas para o norte-americano Rajeev Ram e o britânico Joe Salisbury por 2 sets a 1, parciais de 3/6, 6/2 e 6/2.

Bruno Soares e Jamie Murray | Foto: Getty Images

Luisa Stefani nem chegou a terminar a semifinal das duplas femininas, ao lado da canadense Gabriela Dabrowski. No tie-break do primeiro set, a brasileira torceu o joelho direito e precisou deixar a quadra em uma cadeira de rodas.

Com a lesão de Luisa, a árbitra da partida anunciou o fim do confronto e a vitória das norte-americanas Cori Gauff e Catherine McNally, que vão disputar o título contra a australiana Samantha Stosur e a chinesa Shuai Zhang.

Luisa Stefani e Gabriela Dabrowski | Foto: AONGphoto/USOpen