Taila Santos já sabe quando voltará ao octógono. Isso quem garante é o Combate. Segundo o veículo, o UFC acertou a luta da jaraguaense contra Mandy Bohm, válida pelo peso-mosca, para o dia 14 de agosto.

O evento ainda não tem local e luta principal confirmada. A única certeza é o duelo entre Darren Till e Derek Brunson, pela categoria dos pesos-médios, que tem chance de encabeçar o card.

Se confirmado, Taila vai buscar sua terceira vitória consecutiva na organização, a qual entrou pelo Contender Series Brasil, em 2018.

A estreia oficial no Ultimate foi um ano depois, com uma derrota por pontos para italiana Mara Romero Borella.

Taila vem de vitória sobre Gillian Robertson | Foto: Getty Images

A redenção se deu no ano passado, quando a atleta da Astra Fight Team venceu a inglesa Molly McCann e a canadense Gillian Robertson, também por pontos.

A vitória sobre Robertson, inclusive, colocou Taila no Top 15 do peso-mosca, ocupando o 13° lugar.

Em sua carreira no MMA, a lutadora de 27 anos soma um cartel com 17 vitórias e apenas uma derrota, justamente para Borella em sua primeira aparição no UFC.

Já Mandy Bohm está invicta após sete lutas. A alemã vem de uma passagem no Bellator e fará sua estreia no UFC. Na última luta, ela superou Griet Eeckhout, na edição 247 do evento, em outubro de 2020.