Com a paralisação dos campeonatos por conta da pandemia do novo cornavírus, muitos clubes pelo país adotaram mudanças nos programas de sócio-torcedor para ajudar os torcedores.

Clube de maior torcida no Brasil, o Flamengo, porém, ainda não fez o mesmo e a postura gerou reclamações dos rubro-negros.

Alguns sócios do clube acionaram o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) do Rio de Janeiro pedindo cancelamento do programa sem a cobrança de multa, desconto nas mensalidades ou até pedindo suspensão do pagamento.

O programa de sócio-torcedor é uma das maiores receitas do clube carioca, que manteve o salário integral dos atletas, mas vem sofrendo problemas com alguns patrocinadores.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger