Disputada na noite de quarta-feira (23), no ginásio Alfredo Pasold, a terceira rodada do 28º Torneio de Verão de Schroeder apontou o primeiro classificado ao mata-mata.

É o Cruzeiro, de Massaranduba, que manteve os 100% de aproveitamento ao bater o Santos Dumont, de Jaraguá do Sul, por 4 a 2, pela Chave C, e garantiu vaga antecipada ao mata-mata.

As outras duas partidas da rodada envolveram equipes que haviam estreado com derrota e terminaram com goleadas.

Em duelo de jaraguaenses, pela Chave A, a A.A.D.F fez 6 a 1 no Jangada, enquanto na Chave B, o Primeiro Braço, de Massaranduba, aplicou um 6 a 0 sobre o Phenix, de Ascurra, sendo a maior goleada da competição até aqui.

Lance de A.A.D.F (roxo) x Jangada | Foto: Lucas Pavin/Avante! Esportes

Mais três confrontos nesta sexta-feira (25) movimentam a quarta rodada. No ginásio Alfredo Pasold, se enfrentam Angerô x Canela (19h30 – Chave A), Tigres x Loes (20h30 – Chave B) e Santos Dumont x I9 (21h30 – Chave C).

Classificação

Chave A

A.A.D.F – 3 pontos (2 jogos)
Angerô – 3 pontos (1 jogo)
Canela – 3 pontos (1 jogo)
Jangada – o pontos (2 jogos)

Grupo B

Primeiro Braço – 3 pontos (2 jogos)
Loes – 3 pontos (1 jogo)
Tigres – 3 pontos (1 jogo)
Phenix – o pontos (2 jogos)

Grupo C

Cruzeiro – 6 pontos (2 jogos)
EF – 1 ponto (1 jogo)
Santos Dumont – 1 ponto (2 jogos)
I9 – o pontos (1 jogo)

Grupos

Na Chave A foram sorteados A.A.D.F/Super Dog do Xuxa/Guara Grampos/Disk Salgadinhos (Jaraguá do Sul), Angerô (Schroeder), Jangada (Jaraguá do Sul) e Canela/GBM Móveis Sob Medida (Massaranduba).

A Chave B reúne Tigres/Massa Super Forte (Blumenau), Primeiro Braço (Massaranduba), Loes/Germânia Ass. Imobiliária/YES! Press Impressão Digital/Loes Materiais de Construção (Blumenau) e Phenix (Ascurra).

Já a Chave C, considerada como ‘Grupo da Morte’, é formada por Cruzeiro/Butuca/Rede Zandoná (Massaranduba), EF/MagicBett777/US Cargo/Gráfica Diego (Schroeder) e I9/Elétrica Jaraguá/IG Energia Renovável/Metalúrgica Leoni (Schroeder), e Santos Dumont/Grêmio Jaraguá/Mayer Calçados (Jaraguá do Sul).

Premiação

As 12 equipes correm atrás de uma premiação total de R$ 18.900, dividido em R$ 10.500 para o campeão, R$ 5.250 ao vice e R$ 3.150 mil para o terceiro lugar, além de troféus e medalhas. O artilheiro e goleiro menos vazado também serão agraciados com troféus.

Em 27 edições disputadas até aqui, a Coremaco é a maior campeã do torneio, com seis títulos conquistados (1994, 1995, 1996, 2000, 2003 e 2012).

Já na última edição, os anfitriões do Casa Nova venceram o Tigres, de Blumenau, na final e conquistaram o título inédito da competição.