Ídolo do esporte brasileiro, Acelino Popó de Freitas arrecadou R$ 90 mil com o leilão de um dos seus quatro cinturões do Mundial de Boxe, como ajuda no combate ao coronavírus.

"É com muito carinho que eu passo esse cinturão para Andre Cavalcante, dono de uma empresa de energia solar, de Recife. Ele está ajudando muita gente, muita família. Muito obrigado mesmo. Que ele possa guardar com muito carinho, como eu guardei. Tem muita gente passando dificuldade e essa foi minha forma de ajudar", disse o ex-campeão dos superpenas e leves em uma rede social.

Popó vem participando de diversas ações desde o início da pandemia. O cinturão leiloado foi conquistado em 2002, quando o baiano derrotou o cubano Joel Casamayor, por pontos, em Las Vegas-EUA.

Os outros títulos foram em 1999, 2004 e 2006.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger