A perda do título do Campeonato Catarinense para o Avaí na última quarta-feira (26) resultou na saída do técnico Mozart da Chapecoense. O treinador foi comunicado da decisão nesta quinta-feira (27).

Contratado junto ao CSA em meados de abril, Mozart comandou a Chape em apenas oito jogos e teve 50% de aproveitamento - três vitórias, três empates e duas derrotas.

Além do vice no Estadual, as más atuações e escalações muito criticadas pela torcida foram determinantes para saída do técnico.

Agora, o Verdão do Oeste busca um novo comandante para sequência da temporada, mas será dirigido interinamente na estreia na Série A do Brasileiro, no próximo domingo (30), contra o RB Bragantino, na Arena Condá.