Do futsal saíram para o campo grandes craques como Ronaldinho Gaúcho, Neymar, Kaká, Robinho, entre outros tantos nomes, que acabaram despontando no mundo da bola. Esse caminho também foi seguido por atletas de Jaraguá do Sul como Filipe Luís, Jean Deretti e Clayton, que são as principais revelações recentes do município na modalidade. Agora, outra jóia jaraguaense começa a trilhar seus primeiros passos para uma carreira de sucesso nos gramados. Cria do ‘Projeto Futsal Menor’, do Colégio Evangélico Jaraguá, o atleta Thayssan Luz dos Santos, de apenas 12 anos, foi aprovado em um teste do Grêmio de Porto Alegre e, a partir de 2017, deixará as quadras para atuar nas categorias de base do tricolor gaúcho, seu clube de coração. “Meu sonho não é igual o da maioria de jogar no Barcelona ou Real Madrid. Sempre quis jogar no Grêmio que é meu time desde pequeno e de toda família. Então, estou muito feliz e realizando um sonho, desde que comecei no futsal aos oito anos de idade”, disse. promessa futsal jaragua vai para Gremio - em (1)

Thayssan (C), ao lado do técnico Ricardo Kuhn (E) e coordenador do Projeto Futsal Menor, Augustinho Ferrari

Segundo o coordenador e idealizador do Projeto Futsal Menor, Augustinho Ferrari, Thayssan chamou a atenção dos olheiros gremistas pelo porte físico, habilidade e espirito de equipe, apesar da pouca idade. “O Thayssan é um menino que sempre estudou no colégio (CEJ) e acompanhamos ele desde cedo. É um garoto muito disciplinado e que vemos grande futuro nele, por ser muito técnico, forte e um líder dentro do time, mesmo com apenas 12 anos. Por todos estes fatores, ele acabou despertando o interesse do Grêmio”, destacou. O talento do jovem atleta vem de família. Ele é filho de Volmir Lima dos Santos, conhecido no meio esportivo como Fio, hoje treinador da equipe de futsal adulto da cidade de Araquari e com passagem marcante no salonismo local. Mas Thayssan foi na contramão das características do pai, que era um pivô clássico, e ganhou destaque como fixo em quadra. No campo, ele irá manter o perfil defensivo e com uma projeção de estatura para 1,90m com o passar dos anos, o jaraguaense tende a ser zagueiro na equipe gaúcha. “Ele escolheu ser zagueiro e tem muita qualidade para isso, mas pode se adaptar em outra posição. Tudo vai depender do treinador dele e se tiver oportunidade, acreditamos que ele tem potencial para ir longe na carreira”, afirmou o técnico do jogador no CEJ, Ricardo Kuhn. Apesar do desejo do Grêmio em contar com o atleta já nesta temporada, Thayssan permanece em Jaraguá do Sul até o fim do ano e irá disputar as finais do Estadual sub-13 pelo CEJ/Elian/FME.