Os mais de 3,8 mil quadricolores que foram ao Estádio Augusto Bauer, na noite desta quinta-feira (20), presenciaram uma verdadeira atuação de gala e viram o Brusque colecionar mais um feito histórico: a classificação inédita para a terceira fase da Copa do Brasil. A vítima da vez foi o Remo (PA), que não conseguiu segurar o momento mágico vivido por Thiago Alagoano, Edu e companhia. A goleada por 5 a 1 refletiu exatamente o que foi o jogo: um massacre.

Thiago Alagoano (2), Airton, Neguete (contra) e Edu marcaram os gols dos anfitriões, enquanto Giovane descontou para os visitantes. O placar poderia ter sido ainda maior se o goleiro do time paraense, Vinícius, não tivesse defendido um pênalti cobrado pelo artilheiro Edu, quando o confronto ainda estava 0 a 0, e realizado outras difíceis intervenções.

Foto Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC

Garantido na próxima fase, o Brusque coloca no bolso mais R$ 1,5 milhão como premiação da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Antes, a equipe do Vale do Itajaí já havia arrecadado R$ 540 mil pela participação no torneio e R$ 650 mil por ter eliminado o Sport (PE). Agora, o quadricolor aguarda o vencedor entre Brasil de Pelotas (RS) e Manaus (AM), que se enfrentam apenas no dia 4 de março.

Foto Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC

O próximo compromisso na temporada será contra o Criciúma, no dia 1º de março, às 18h30, no Estádio Heriberto Hülse. Neste momento, os brusquenses lideram o Campeonato Catarinense e estão classificados para as quartas de final da competição.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul