O Joinville precisa fazer tudo que não fez até agora para escapar do rebaixamento. Na tarde deste domingo (8), nova derrota diante do torcedor, desta vez para o líder do grupo B, o Operário, por 3 a 1. Com o resultado, o Tricolor segue na zona de rebaixamento, com apenas 10 pontos, em 13 jogos disputados. São nove derrotas nesta série C, o que deixa o time em situação muito delicada, com apenas 25% de aproveitamento e precisando vencer quatro dos cinco jogos que ainda restam no campeonato.

O JEC entrou em campo sabendo da importância de uma vitória sobre o líder para continuar sonhando com a manutenção da série C e começou bem a partida. A primeira boa chance foi aos 14 minutos, com Zotti em cobrança de falta. Breno foi derrubado na intermediária e na cobrança, o meia colocou na área, a bola foi desviada por Gualberto, mas o goleiro Simão fez bela defesa.

Aos 25 minutos, o gol. Eduardo Person puxou contra-ataque em velocidade arrancando da intermediária, tocou para Grampola que dominou e bateu de pé esquerdo. O goleiro Simão defendeu, mas cedeu o rebote e Zotti estava lá para aproveitar a chance e marcar.

O Tricolor continuava bem na partida e criava boas chances, aos 29, após cobrança de lateral, Grampola ajeitou e Breno bateu, mas a bola desviou. Aos 31, quase contra. Após cruzamento de Schmöller, Rodrigão deu um carrinho para desviar e quase finalizou contra o próprio gol.

Aos 40 minutos, Person iniciou a jogada, tocou para Jean Lucas que encontrou Zotti bem colocado. O meia bateu e a bola teimosamente tocou na trave. Na sora, Grampola ajeitou para Breno e o goleiro Simão novamente fez boa defesa.

O empate veio ainda no primeiro tempo e com gol contra de Gualberto. Aos 47, Rafinha cruzou e o zagueiro tentou cortar, mas jogou contra o próprio patrimônio.

As falhas individuais reinaram na segunda etapa e decretaram a nona derrota do Joinville nesta série C. Aos 15 minutos, Eduardo furou e a bola sobrou para Erick, que ainda tirou André Baumer da jogada antes de ampliar o marcador.

O JEC passou a dar ainda mais condições para o time paranaense e aos 26, Peixoto decretou a vitória do Fantasma e a derrota do Tricolor. Após cobrança de escanteio, ele marcou de cabeça.

Daí em diante, mesmo com um jogador a mais o JEC não tinha tranquilidade para buscar o resultado e o time paranaense só esperou o apito final para comemorar sua nona vitória na competição.

O Tricolor volta a campo no próximo sábado (14), às 16h30, quando enfrenta o Cuiabá, na Arena Pantanal.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?