O Juventus confirmou as primeiras baixas do elenco durante a pandemia do novo coronavírus.

Com o fim do contrato, o lateral Anderson Pico, o meia Marcos Vinícius, e os atacantes Juliano Levak, Túlio Renan e Lucas Gadelha não entraram em acordo com a diretoria e deixaram o clube antes do término do Campeonato Catarinense.

Enquanto alguns destes nomes foram dispensados pelo desempenho abaixo da expectativa, outros não aceitaram a proposta feita pelo clube após a paralisação do futebol.

Anderson Pico (E), Marcos Vinícius, Lucas Gadelha e Juliano Levak não fazem mais parte do elenco | Fotos: Lucas Pavin/Avante! Esportes e Divulgação

Do restante do grupo, apenas o atacante Pablo ainda não voltou aos treinos, mas se reapresentará nesta semana, e o goleiro Assis que está negociando sua renovação.

Para suprir as saídas, cinco jogadores da base serão promovidos ao profissional e outros três serão contratados.

A diretoria montou uma lista com 12 atletas, que está sendo analisada junto à comissão técnica para iniciar negociação com os principais alvos.

“Estamos conversando com a comissão técnica e vamos buscar jogadores que combinem com o perfil técnico, tático e profissional do nosso elenco”, disse o gestor de futebol Renê Marques.

O Moleque Travesse retomou as atividades presenciais na última quinta-feira (21) e agora vive a expectativa para volta do Campeonato Catarinense, interrompida após o fim da primeira fase.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul