A passagem por Jaraguá do Sul foi positiva para as seleções catarinenses de basquete sub-13. Após seis dias de preparação, as equipes masculina e feminina tiveram boa participação no Campeonato Sul-Brasileiro, realizado entre sexta-feira (26) e domingo (28), no Ginásio Arthur Muller. O destaque foi para as meninas comandadas pela jaraguaense Jéssica Drehmer, que venceram as três partidas disputadas diante do Caaguazu, do Paraguai (placar de 52 a 13), Paraná (62 a 22) e Rio Grande do Sul (33 a 20), e conquistaram o título da competição de forma invicta. Além disso, as catarinenses tiveram a ala Eduarda Reolon, de Chapecó, eleita como melhor atleta do torneio. “Fiquei muito feliz com a conquista, mais ainda porque conseguimos atingir um bom padrão de jogo. As equipes do Paraná e Rio Grande do Sul foram adversários muito aguerridos. Na formação da equipe tivemos o cuidado de abranger as melhores atletas da categoria sub-13 do Estado”, disse a treinadora, que teve três conterrâneas em sua equipe: armadora Luana de Oliveira, pivô Ana Luiza Andrade Camargo e ala Caroline dos Santos. Já os meninos, comandados pela também jaraguaense Vivian Campos Martins, ficaram muito próximos da conquista, mas perderam o título nos detalhes. A equipe venceu os estados de Alagoas (52 a 13) e Paraná (69 a 65), e foi derrotado apenas por Rio Grande do Sul (42 a 36). Ao fim do torneio, houve um tríplice empate entre Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul, com os catarinenses terminando na terceira posição por ter saldo menor em relação aos adversários. “O desempenho dos meninos não reflete o resultado. Eles se esforçaram muito, foram guerreiros. Os jogos equilibrados são decididos em uma bola e dessa vez definiu a cor da medalha. Uma cesta a mais seríamos prata, e duas seríamos ouro. Foi uma semana de muito aprendizado e todos estão de parabéns. Nessa idade os erros são frequentes e infelizmente erramos mais”, afirmou Vivian, que contou com seis atletas de Jaraguá do Sul em seu elenco:  armadores Jean Eduardo de Lima e Jefferson Antonio Machado, pivôs Guilherme Nathan da Silva e André Felipe Sell, além dos alas Gustavo Ribeiro Bressan, João Pedro Polezi.

Foto: Henrique PortoTime masculino ficou em terceiro - Foto: Henrique Porto