Foto Divulgação
Foto Divulgação

O Santo Antônio é o mais novo campeão da Copa Tricolor da Barra. Após bater na trave no ano passado, quando perdeu a final para o Internacional, o time azul e amarelo não desperdiçou a nova chance e conquistou o título inédito da competição, na tarde de sábado (9), em casa, ao vencer o Madetim/União Central por 1 a 0.

Jogando em seus domínios e com a melhor campanha do torneio, o Santo Antônio foi superior durante todo jogo.

No primeiro tempo, a equipe teve as melhores oportunidades, mas parou em boas defesas do goleiro Douglas. O União Central, por sua vez, jogava recuado e esperando um contra-ataque para surpreender os donos da casa. Porém, pouco criou ofensivamente.

A tônica não mudou na etapa final, tanto que os mandantes chegaram ao gol. Em cobrança de falta, aos 11 minutos, Jeferson colocou a bola no ângulo e abriu o placar.

O próprio Jeferson ainda carimbou o travessão no segundo tempo, que também foi marcado por uma expulsão de cada lado: Mateus, do Santo Antônio, e James, do União Central.

Apesar das chances, o placar não se alterou mais e o Santo Antônio levantou o ‘Troféu Lídio Schiochet’, referente a 8ª edição do torneio.

“(Título) Muito importante para nós depois de perdermos no ano passado. Conseguimos fazer uma bela campanha nessa temporada e sair com esse título que merecíamos”, destacou Jeferson, autor do único gol do jogo.

Na preliminar da decisão, o Veteranos da Ponte Preta derrotou o Roma/Amizade por 1 a 0 e garantiu o terceiro lugar. Já nas premiações individuais, a artilharia ficou com Andrei, do Santo Antônio, que marcou 10 gols, enquanto a defesa mens vazada foi a do Celtic, que levou apenas três tentos.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?