O Brasil largou com o pé direito na Copa do Mundo do Catar. Na verdade, graças ao pé direito de Richarlison. O camisa 9 marcou dois gols e foi decisivo para vitória da seleção brasileira por 2 a 0 sobre a Sérvia na tarde desta quinta-feira (24), no estádio Lusail.

Em um primeiro tempo com domínio brasileiro na posse de bola, a equipe de Tite até criou chances, mas esbarrou na defesa sérvia bem fechada e na falta de pontaria.

Já no segundo tempo, o Brasil aumentou a pressão, empilhou oportunidades e chegou aos gols. O primeiro saiu aos 16 minutos, quando Neymar cortou dois marcadores e Vini Jr. ficou com a sobra para finalizar. O goleiro Vanja deu rebote e Richarlison apareceu pra só empurrar para o fundo das redes.

Porém, o camisa 9 ainda guardou o melhor para depois. Aos 27 minutos, Vini Jr. avançou pela esquerda e cruzou para o centroavante, que ajeitou o corpo e acertou um lindo voleio para fazer o segundo dele e do Brasil.

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A seleção canarinho ainda poderia ter ampliado a vantagem, mas o goleiro Vanja com boas defesas e a trave em chutes de Alex Sandro e Casemiro evitaram um placar mais elástico. A única preocupação ficou por conta de Neymar, que saiu de campo na etapa final com muitas dores no tornozelo direito, inclusive chorou no banco de reservas.

Com o resultado, o Brasil lidera o Grupo G com três pontos, mesmo número da Suíça, mas à frente nos critérios de desempate.

O próximo desafio será na segunda-feira (28), contra a Suíça, às 13h, no estádio 974. Mias cedo, se enfrentam Camarões e Sérvia, às 7h.