Medalhista de prata no skate street das Olimpíadas de Tóquio, Rayssa Leal, a “Fadinha”, foi a vencedora do Prêmio Visa Award, dado ao atleta que melhor representou os valores olímpicos e feito através de votação popular.

A skatista de apenas 13 anos ganhou o prêmio de US$ 50 mil (cerca de R$ 260 mil) e doará todo valor para a ONG Social Skate.

O órgão fica localizado na cidade de Poá, região metropolitana de São Paulo, e incentiva crianças e suas famílias nas práticas educacionais e esportivas, entre elas, o skate.

"Hoje fui reconhecida, como a atleta que mais representou os valores Olímpicos durante os jogos! E, como prêmio, iremos ajudar a @ongsocialskate, que transforma a vida de várias crianças através do Skate! Obrigada pelos votos galerinha! Essa conquista é nossa! Juntos somos mais fortes!", escreveu a jovem, em seu Instagram.

Com a prata no Japão, Rayssa Leal se tornou a atleta mais jovem do Brasil a subir no pódio em Jogos Olímpicos.

Foto: Foto: Patrick Smith/Getty Images