O Jaraguá Futsal não para de se reforçar para o ano que vem. Após a contratação de cinco jogadores e a confirmação de que outros quatro do atual elenco vão permanecer em 2018, o time jaraguaense anunciou na terça-feira (19), a chegada de quatro novos atletas para próxima temporada. Trata-se do goleiro Hiram, ala Torres, e alas/pivôs Diego Menezes e Pett, que acertaram contrato de um ano com o aurinegro. Entre os reforços, dois já são velhos conhecidos da torcida e chegam para sua segunda passagem pelo clube. Contratado pelo Jaraguá no início de 2016 e depois de boas atuações pela equipe, Pett se transferiu no mês de agosto daquele ano para o Doukas, da Grécia. No país europeu, o ala/pivô de 25 anos teve grande destaque ao ser artilheiro com 58 gols e eleito melhor jogador do campeonato local, antes de acertar seu retorno para Arena. “A experiência (na Grécia) foi ótima. Acredito que volto de lá um pouco mais experiente, mesmo tendo ficado por apenas uma temporada. Fico feliz em poder voltar a vestir a camisa do Jaraguá, que vem sendo administrado por pessoas sérias e que querem o bem para o futsal da cidade”, disse. Outra figurinha carimbada é do também ala/pivô Diego Menezes. Um dos grandes nomes do time comandado pelo então técnico Sergio Lacerda entre 2014 e 2015, o atleta de 32 anos chegou a seleção brasileira e foi artilheiro do Grand Prix na época. Com a notoriedade, Diego acertou com o Sorocaba na temporada seguinte, onde foi campeão mundial e da Liga Paulista, além de vice da Liga Nacional. Já em 2017, passou por Pato e Mess Sungun, do Irã, clube no qual segue defendendo até o fim de dezembro. “Primeiramente, o que me motivou a voltar foi a confiança nos atuais membros que comandam o clube, que querem ver o Jaraguá Futsal crescer novamente. É sempre um prazer jogar em um dos clubes mais vitoriosos do país e tenho um carinho muito grande pela cidade. Espero retribuir a todos com boa atuações e títulos”, afirmou. Os demais contratados surgem com status de apostas. Aos 18 anos, o goleiro Hiram teve toda trajetória no futsal do Rio de Janeiro - seu Estado natal – e São Paulo. Ele iniciou no Vasco e ainda rodou pelos cariocas Pentágono, Helênico, Madureira e América, passando posteriormente pelos paulistas Bradesco e Hortolândia, onde estava desde o meio desta temporada. Já o ala Matheus Torres, ou simplesmente Torres, tem 19 anos e vem do Tubarão. Descoberto pela equipe do Sul do Estado na Olesc de 2014, quando vestia a camisa do Caçador, o canhoteiro ganhou destaque nas categorias de base do time catarinense e passou a integrar a equipe adulta no ano passado. Porém, foi em 2017, que ele viveu seu momento mais especial na carreira ao ser convocado para seleção brasileira comandada por Marquinhos Xavier. Com a chegada destes quatro reforços, o Jaraguá chega a um total de nove contratações para 2018. Antes, haviam sido confirmados os goleiros João Neto (ex-Concórdia) e Jean Reis (FK-Era Pack-CZE), fixo Igor (Indaiatuba-SP), fixo/ala Vitor Hugo (Giti Pasand-IRÃ), e ala João Guilherme (Corinthians-SP). Além disso, o goleiro Arthur, fixo Diego, e alas Marcio e Yuri renovaram vínculo e serão os remanescentes de 2017. Novos nomes devem ser divulgados nos próximos dias pela diretoria, que estipulou o dia 22 de janeiro para início da pré-temporada. Artilheiro se despede  Enquanto quatro chegam, um jogador confirmou sua saída do aurinegro. Sem chegar a um acordo financeiro com a diretoria para renovar o contrato, o pivô Daniel não fica no clube para próxima temporada. O jogador chegou ao time jaraguaense no início do ano de 2016, vindo do Araquari, e ajudou o time a conquistar o título da Supercopa dos Campeões e vice da Libertadores. Mas foi em 2017, que Daniel se firmou como uma das principais peças da equipe comandada pelo técnico Fio.
Daniel não faz mais parte do elenco do time jaraguaense I Foto: Lucas Pavin/Agência Avante!
O pivô teve uma evolução notória ao longo de sua trajetória no clube e foi artilheiro disparado da equipe na atual temporada, com 35 gols. As atuações destacadas o levaram ao auge de sua carreira após ser convocado para seleção brasileira e se sagrar campeão sul-americano, no mês de outubro, na Colômbia. “Fui feliz demais aqui. Só quero agradecer a oportunidade de passar dois anos nessa cidade linda, hospitaleira e apaixonada pelo futsal. Em especial o ano de 2017 com todos os envolvidos, principalmente meus companheiros de time e os que participaram do nosso dia a dia. Obrigado Jaraguá Futsal, que não seja um adeus e sim um até breve”, escreveu o jogador em uma rede social. Além de Daniel, o Jaraguá não estendeu vínculo com outros nove atletas que foram dispensados na semana passada: goleiros Hulk e Tatá; fixos Schneider e Gava; e alas Assis, Serginho, Renatinho, Maikinho e William. Com isso, do atual elenco, as únicas dúvidas para 2018 seguem com o ala Oitomeia e pivô Keko. O primeiro tem grandes chances de permanecer, enquanto o segundo deve se transferir ao Pato Futsal (PR).